Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/10987
Tipo do documento: Artigo
Autor: Hidasi-Neto, José
Pinto, Nelson Silva
Vergara, Leonardo da Costa
Título: Discussões sobre a escala em ecologia de comunidades
Autor: Hidasi-Neto, José
Pinto, Nelson Silva
Vergara, Leonardo da Costa
Resumo: Resumo: Problemas relacionados às escalas espacial e temporal nos estudos em ecologia de comunidades vêm sendo amplamente discutidos desde o final do século XX. Vários autores tratam dessas questões de maneira provocativa, criticando não só como as comunidades ecológicas são definidas, mas também em que escalas elas são normalmente estudadas. Com o intuito de analisar algumas das principais desarmonias existentes na literatura científica, revisamos dois trabalhos-chave recentes sobre esse assunto, apresentando as diferentes concepções que eles possuem acerca do modo como as comunidades devem ser compreendidas. Ainda, discutimos sobre a escassez de dados de biogeográficos, filogenéticos, e sobre história de vida de organismos, indicando que a resolução de questões relacionadas a escalas está associada às disponibilidades desses dados. Por fim, aconselhamos que sempre devemos considerar as extensões espaço-temporais quando estudamos comunidades, assim como não esquecer das diferenças biológicas entre os organismos.
Abstract: Abstract: Since at the end of the XX century many problems related to the spatial and temporal scales in community ecology studies have been widely discussed. Several authors address the issues in a provocative way, criticizing not only how ecological communities are defined, but also in which scales they are typically studied. In order to analyze some of the main disharmonies in the scientific literature, we review two recent key articles about this topic, presenting their different conceptions about how communities should be understood. In addition, we discuss about the scarcity of data on biogeography, phylogenies and life-history traits of organisms, indicating that the resolution of questions related to scales is linked to the availability of such information. Finally, we advise that space-time extensions should never be disregarded when studying ecological communities, just as we should never forget about biological differences among organisms
Palavras-chave: Biodiversidade
Biodiversidade
Escala local
Diversidade regional
Síntese teórica
Biodiversity
Community ecology
Local scale
Regional diversity
Theoretical synthesis
País: brasil
Instituição: Vera Lúcia Gomes-Klein
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: HIDASI-NETO, José; PINTO, Nelson Silva; VERGARA, Leonardo da Costa. Discussões sobre a escala em ecologia de comunidades. Revista Biologia Neotropical. Goiânia, GO, v.11, n.1, p. 22-27, jan./jun. 2014. Disponível em:< http://www.revistas.ufg.br/index.php/RBN/article/view/26518/18041>.
Tipo de acesso: Acesso aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/10987
Data de publicação: 25-Jun-2014
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Discussões sobre aescala em ecologia de comunidades.pdfRevista Biologia Neotropical. José Hidasi-Neto.618,44 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.