Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11214
Tipo do documento: TCC
Título: Disclosure nos relatórios da administração conforme o parecer de orientação CVM nº15/1987
Autor: Lima, Silézia Aparecida de
Primeiro orientador: Santos, Eduardo José dos
Primeiro membro da banca: Santos, Eduardo José dos
Pereira, Ednei Morais
Souza, Emerson Santana de
Resumo: O disclosure de informações é tido como uma das principais funções da Contabilidade. Para cumprir esta função, a Contabilidade tem a sua disposição diversas ferramentas entre elas o chamado Relatório da Administração, exigido pela Lei 6.404/76 e divulgado juntamente com as demonstrações financeiras das companhias de capital aberto. Considerado como um importante meio de disclosure, em complemento as determinações da Lei 6.404/76 a Comissão de Valores Mobiliários lançou o Parecer de Orientação CVM Nº 15/1987 que enumera diversos itens a serem evidenciados pelas companhias abertas nestes relatórios. Partindo dessa premissa, este trabalho propôs-se a verificar se as companhias de capital aberto no Brasil seguem as orientações do Parecer de Orientação CVM Nº 15/1987 para a elaboração do Relatório da Administração. Para isso, elaborou-se em métrica com base nos itens preconizados no referido parecer, composta por oito categorias e vinte e sete subcategorias. Por meio da técnica de análise de conteúdo investigou-se os Relatórios da Administração dos exercícios sociais compreendidos entre os anos de 2007 e 2012, de vinte e seis empresas listadas no website da BM&FBOVESPA. As análises mostraram que as empresas apresentaram um nível máximo de disclosure (100%), para as subcategorias: narrativa da história da companhia, expectativas futuras, quantidades produzidas e/ou serviços prestados, histórico de vendas, principais investimentos realizados, descrição de novos produtos e/ou serviços, investimentos em coligadas e/ou controladas e distribuição de dividendos. Em contrapartida as subcategorias: inflação, períodos de crise, gastos em treinamento, resumo de projetos de pesquisa e desenvolvimento, montantes aplicados e recursos alocados a esses projetos, reestruturação societária e concorrência dos mercados, não foram mencionadas em nenhum momento nos relatórios estudados, apresentando, portanto nível nulo de disclosure (0%). Outra constatação foi de que não há uma sequencialidade de divulgação dessas subcategorias, ou seja, há anos em há menção ao item outros não. Diante do exposto concluise que as empresas analisadas não evidenciam no Relatório da Administração todos os itens preconizados no Parecer de Orientação CVM Nº 15/1987.
Palavras-chave: Relatório da administração
Disclosure
Regulação contábil
País: brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas - FACE (RG)
Nome do curso: Ciências Contábeis (RG)
Citação: LIMA, Silézia Aparecida de. Disclosure nos relatórios da administração conforme o parecer de orientação CVM nº15/1987. 2013. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11214
Data de publicação: 12-Dez-2013
Aparece nas coleções:FACE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Ciências Contábeis - Silézia Aparecida de Lima.pdf914,19 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.