Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11249
Tipo do documento: Artigo
Título: Prevalência de sintomas depressivos e sinais de demência em idosos na comunidade
Título(s) alternativo(s): Prevalence of depressive symptoms and signs of dementia in the elderly in the community
Autor: Lentsck, Maicon Henrique
Pilger, Calíope
Schoereder, Elismara Prates
Prezotto, Kelly Holanda
Mathias, Thais Aidar de Freitas
Resumo: Estudo transversal que analisou a prevalência de sintomas depressivos, sinais de demência e fatores associados em idosos residentes em município do sul do Brasil. Foi realizado inquérito domiciliar a uma amostra de 359 idosos cadastrados nas Unidades Básicas de Saúde, utilizando questionário Brazil Old Age Schedule. Para análise dos fatores associados empregou-se teste Qui-Quadrado e Razão de Prevalência. A prevalência de sintomas depressivos foi 65,2%, maior para mulheres (RP=1,2; p=0,029) e idosos que moram só (RP=1,3; p=0,009). Os sinais de demência, presentes em 37,6%, foram mais frequentes em mulheres (RP=1,8; p<0,001), idosos de 70 a 79 anos (RP=1,4; p=0,014), de 80 anos e mais (RP=1,6; p=0,015), viúvos (RP=1,7; p<0,001) e analfabetos (RP=2,8; p<0,001). A compreensão dos fatores associados aos sintomas depressivos e sinais de demência é essencial para aperfeiçoar ações em saúde mental do idoso na comunidade, principalmente mulheres, viúvos, acima de 70 anos, analfabetos e que moram sozinhos.
Abstract: A cross-sectional study that analyzed the prevalence of depressive symptoms, signs of dementia and associated factors in seniors residing in a city located in the south of Brazil. A house survey was conducted in a sample of 359 seniors registered in the Basic Health Units, using the questionnaire Brazil Old Age Schedule. To analyze associated factors, Chi- Square test and Prevalence Ratio were calculated. The prevalence of depressive symptoms was 65,2%, higher for women (PR = 1,2; p=0,029) and for elders living alone (PR=1,3; p=0,009). Dementia signs were present in 37,69%, they were more frequent in women (PR=1,8; p<0,001), elders of 70 to 79 years (PR=1,4; p=0,014), of 80 or more years (PR=1,6; p=0,015), widowed (PR=1,7; p<0,001) and illiterate (RP=2,8; p<0,001). It is essential to comprehend the associated factors to depressive symptoms and signs of dementia to improve mental health actions for the elderly in the community, especially for women, widowed, those aged more than 70 years, illiterate and those living alone.
Palavras-chave: Idoso
Enfermagem geriátrica
Depressão
Demência
Prevalência
Aged
Geriatric nursing
Depression
Dementia
Prevalence
País: brasil
Instituição: Marcelo Medeiros
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Nome do curso: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: LENTSCK, Maicon Henrique; PILGER, Calíope; SCHOEREDER, Elismara Prates; PREZOTTO, Kelly Holanda; MATHIAS, Thais Aidar de Freitas. Prevalência de sintomas depressivos e sinais de demência em idosos na comunidade. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiânia, v. 17, n. 3, p. 1-9, jul./set. 2015. Disponível em: < http://revistas.ufg.emnuvens.com.br/fen/article/view/34261/20752>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ree.v17i3.34261
Identificador do documento: 10.5216/ree.v17i3.34261
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11249
Data de publicação: 30-Set-2015
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Elismara Prates Schoerede -2015.pdf198,77 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.