Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11434
Tipo do documento: Artigo
Título: Revalidação da espécie echinostoma erraticum, (Lutz, 1924)
Título(s) alternativo(s): Echinostoma erraticum (Lutz- 1924) revalidation of the species
Autor: Komma, Margarida Dobler
Resumo: Echinostoma sp de peristomeo com 37 espinhos, foi obtido em pinto Gallus gallus domesticus L saracura Aramides cayennensis, camundongos Mus musculus, L. por administração oral de metacercárias encistadas colhidas do saco pericárdico de Biomphalaria straminea Dunker, 1848), coletados nos arredores de Goiânia, Estado de Goiás, Brasil. O Echinostoma sp apresenta os caracteres morfológicos concordantes com o Echinostoma erraticum (Lutz, 1924), ora em sinomínia com o Echinostoma revolutum (Froehlich, 1802), Travassos, Freitas & Kohn, 1969- O último possui caracteres morfológicos discordantes du E erratícum (Lutz, 1924) o que justifica a revalidação desta espécie ora proposta. INTRODUÇÃO A partir de março de 1971, passamos a estudar os estádios larvares de trematódeos ocorrentes em caramujos Biomphalaría straminea (Dunker, 1848), de Goiânia, cedidos pelo Laboratório experimental de Esquistossomose do Instituto de Patologia Tropical da UFGo., mantido então com a colaboração do Departamento Nacional de Endemias Rurai». Especial atenção despertaram as abundantes metacercárias encistadas no saco pericárdico dos moluscos. As metacercárias constituíram o ponto de partida para obtenção inicial de adultos que posteriormente, passaram a ser obtidos de metacercárias provenientes do ciclo experimental realizado e mantido em nosso Laboratório de Helmintologia.
Abstract: Echinostoma sp containíng peristome \vith 37 spínes hás been obtained from chicks (Gallus gallus domesticus L.), saracura (Aramides cayennensis), mouse (Mus musculus, L.) by oral administration of encysted metacercariae from the pericardium of Biomphalaria strammea (Dunker, 1848) collected in the surroundings of Goiânia, state of Goiás, Brazil. The echinostoma presents the morphologíc characteristics of Echinostoma erraticum (Lutz, 1924) at present considered synomym of Echinostoma revolutum (Froehlich, 1802) Travassos, Freitas & Kohn, 1969. The latter presenting morphologic and biological features which are not in atícordance to those shown by Echinostoma erraticum (Lutz, 1924). Thus revalidation of the species Echinosloma erraticum is justificd.
País: Brasil
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: KOMMA, Margarida Dobler. Revalidação da espécie echinostoma erraticum, (Lutz, 1924). Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 1, n. 4, p. 463-471, out./dez. 1972. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/23210/13662>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11434
Data de publicação: Dez-1972
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Margarida Dobler Komma - 1972.pdf1,78 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons