Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11446
Tipo do documento: Artigo
Título: Menigite meningocócia - análise estatística de 265 casos - Goiânia - Goiás - Brasil - 1973
Autor: Schmidt, Sydney
Almeida Neto, Joaquim Caetano de
Vieira Filho, José
Kratz, Luiz Fernando
Resumo: Foram analizados estatisticamente, 265 casos de meningite meningocócica, internados em 1973, no Hospital "Oswaldo Cruz" de Goiânia (janeironovembro). Procurou-se relacionar, a ocorrência e letalidade das formas com e sem púrpura, com as variáveis grupo etário e sexo. Os resultados estatisticamente significantes, foram os seguintes: 1) A meningite meningocócica com púrpura foi mais comum no sexo feminino. 2) A letalidade se mostrou aumentada no grupo etário de O a l ano e diminuída nos de 5 — 10 e 10 — 15 anos. Encontrou-se também, as seguintes indicações a serem confirmadas: £j a) A meningite meningocócica é mais comum e mais grave, em ter-. mós de letalidade, no sexo masculino. b) A púrpura não agiu como fàtor de gravidade marcante, visto que ocorreu com mais frequência no sexo feminino onde o índice de letalidade foi menor que no masculino. c) A ocorrência de púrpura estaria mais acentuada nos grupos etários 5 — 10 e 10 — 15 e diminuída nos de O — 5 anos.
Abstract: 265 cases of meningococcic menningitis have been statistically during their hospitalization in 1973 at "Oswaldo Cruz' Hospital in Goiânia — Goiás — Brazil. We tried to correlate the occurrence and letality in cases w*th or without purpura signifícaní conclusions were as follow: 1 — Meningococcic meningitit purpura was mostly pound ia fcmata. 2 — Letality was mostíy JocreateJ in age grup O to l year and decretted in the age groups 5 to 10 and 10 to 15 years. Still to be confirmed we abo fomd the following indications: a) Meningococcic meningitis ie more common and severe, in tenas of letality, in males. b) Purpura didn't play a role of marked severíty in meningococcic noningitis because it ocurred mostly Ia females where letality rate was lower than in males. c) The oceurrence of purpura wotUd be increased in the age groups 5 to 10 years and 10 to 15 years and decreased in age groups O to 5 yean.
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: SCHMIDT, Sydney; ALMEIDA NETO, Joaquim Caetano de; VIEIRA FILHO, José; KRATZ, Luiz Fernando. Menigite meningocócia - análise estatística de 265 casos - Goiânia - Goiás - Brasil – 1973. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 3, n. 4, p. 361-355, out./dez. 1974. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/22593/13448>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11446
Data de publicação: Dez-1974
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo -Sydney Schmidt - 1974.pdf971,11 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons