Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11514
Tipo do documento: Artigo
Título: Perdas fetais em uma área rural endémica para a doença de chagas no estado da Bahia
Título(s) alternativo(s): Fetal loss on endemic área for chaga's disease in Bahia, Brazil
Autor: Mota, Eduardo
Ribeiro Filho, Raimundo
Menezes, Greice Maria
Resumo: No presente trabalho foi analisada a história obstétrica de um grupo de 47 mulheres com sorologia positiva para a infecção pelo Trypanosoma cruzi e de 42 sor o negativas, com o objetivo de estudar a relação entre soropositividade para o T. cruzi e a ocorrência de perdas fetais. As mulheres incluídas no estudo residem em uma área endémica para a doença de Chagas na Bahia. As mulheres soronegativas apresentaram uma taxa geral de perdas fetais (idade gestacional até 6 meses) de 93,3 por 1000 gestações, enquanto as mulheres soropositivas apresentaram uma taxa de 105,3 por 1000 gestações. A distribuição da taxa de perdas fetais por idade materna revelou aue as mulheres soropositivas entre 15 e 24 anos de idade apresentaram uma frequência ae perdas fetais maior que as soronegativas na mesma faixa etária.
Abstract: The maternal history of a group of women with a positive serologic test to T. cruzi (complement fixation test and indirect immunofluorescence test) and of 42 seronegatives women was studied, in order to describe the relationship between seroreactivity to T. cruzi and the frequency of fetal loss. Partícipants were residents of an endemic área of Chagas' disease in Bahia, Brazil. Seronegative women presented an overall rate of fetal loss of 93.3 per 1000 pregnancies (gestational age < 6 months) while seropositive women presented a rate of 105.3 per 1000 pregnancies. The age distribution of the rate of fetal loss revealed that seropositive women aged 15-24 years presented a frequency of fetal loss higher than seronegative women of the same age group.
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: MOTA, Eduardo; RIBEIRO FILHO, Raimundo; MENEZES, Greice Maria. Perdas fetais em uma área rural endémica para a doença de chagas no estado da Bahia. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 14, n.2, p. 131-140, jul./dez. 1985. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/21250/12466>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11514
Data de publicação: Dez-1985
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo- Eduardo Mota - 1985.pdf1,88 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons