Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11517
Tipo do documento: Artigo
Título: Susceptibilidade "in vitro" de cryptococcus neoformans, paracoccidioides brasiliensis, sporothrix schenckii e fonsecaea pedrosoi a esteróides
Título(s) alternativo(s): Susceptibility for steroids "in vitro" of the cryptococcus neoformans, paracoccidioides brasiliensis, sporothrix schenckii and fonsecaea pedrosoi
Autor: Silva, Maria do Rosário Rodrigues
Fernandes, Orionalda de Fátima Lisboa
Resumo: O efeito inibitório de dietilestilbestrol, estradiol, progestcrona e testosterona, diluídas em água, resultando concentrações de 7,5; 10,0; 12,5; e 15,0;Ug/ml de meio foram determinadas sobre amostras de Cryptococcus neoformans, Paracoccidioides brasiliensis, Fonsecaea pedrosoi e Sporothrix schenckii. Testosterona não mostrou influência no crescimento de nenhuma das amostras. Progesterona e estradiol a 7,5 Ug/ml mostraram pequena inibição de crescimento de Paracoccidioides brasiliensis e a 15,0 Ug/ml o estradiol mostrou inibição quase total no desenvolvimento deste fungo. A substância mais ativa, na inibição de todos os fungos, no entanto, foi o estilbestrol que a 10,0 Ug/ml suprimiu completamente o crescimento de Paracoccidioides brasiliensis, e a 15,0 Ug/ml inibiu razoavelmente o desenvolvimento de todos os outros fungos testados.
Abstract: The inhibitory effect of the drugs stilbestrol, estradiol, progesterone and testosterone dissolved in water resulting concentrations of 7,5; 10,0; 12,5 e 15,0 Ug/ml of medhwn were determinated above patterns of Cryptococcus neoformans; Paracoccidioides brasiliensis, Sporothrix schenckii and Fonsecaea pedrosoi. Testosterone didn't show any influence on the development of any from the patterns that were studied. Progesterone and estradiol at 7,5 Ug/ml showed a small inhibition of development of Paracoccidioides brasiliensis and at 15,0 Ug/ml the estradiol showed almost total inhibition on the development of this fungus. The more active drug on the inhibition of ali the fungus, however, was the stilbestrol that in the concentration of 10,0 Ug/ml suppressed completly the development of the Paracoccidioides brasiliensis and on 15,0 Ug/ml inhibited sensibility the development of ali the others fungus that were tested.
Palavras-chave: Cryptococcus neoformans
Paracoccidioides brasiliensis
Sporothríx schenckii
Fonsecaea pedrosoi
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: SILVA, Maria do Rosário Rodrigues; FERNANDES, Orionalda de Fátima Lisboa. Susceptibilidade "in vitro" de cryptococcus neoformans, paracoccidioides brasiliensis, sporothrix schenckii e fonsecaea pedrosoi a esteroides. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 15, n.1, p. 1- 6, jan./abr. 1986. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/21246/12462>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11517
Data de publicação: Abr-1986
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maria do Rosário Rodrigues Silva - 1986.pdf1,25 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.