Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11612
Tipo do documento: Artigo
Título: Rumos para a formação de ecólogos no Brasil
Autor: Martins, Rogério Parentoni
Lewinsohn, Thomas Michael
Diniz Filho, José Alexandre Felizola
Coutinho, Francisco Ângelo
Fonseca, Gustavo Alberto Bouchardet da
Drumond, Maria Auxiliadora
Resumo: O país avançou consideravelmente na formação de novos ecólogos, na produção científica de relevância internacional, na formulação de políticas ambientais e de uma legislação favorável ao desenvolvimento sustentável. Apesar disso, em locais onde há alta diversidade em espécies, tais como as regiões amazônicas, cerrado e semi-árido brasileiros, empreendimentos agropastoris e outras atividades econômicas e industriais de ampla escala têm resultado na redução considerável de ecossistemas e habitats naturais para muitas espécies, das quais a vasta maioria ainda não foi satisfatoriamente estudada, quando não é taxonomicamente desconhecida. É muito importante publicar artigos de relevância e alcançar o conseqüente reconhecimento internacional, porém é de importância semelhante discutir as conseqüências do aumento da magnitude de nossos problemas ambientais e propor a adoção de procedimentos efetivos para transformar essa realidade indesejável. As formas pelas quais isso poderia se realizar incluem o fomento em nossas pós-graduações de fóruns permanentes de discussão sobre esses problemas, a busca de alternativas realistas para sua solução em curto, médio e longo prazos, e a luta para que essas alternativas sejam explicitamente incorporadas ao rol de políticas públicas ambientais que efetivamente se concretizam.
Abstract: The first graduate programs in Ecology started in Brazil 30 years ago, and this science in Brazil is fastly growing up since then. Many young Brazilian ecologists have graduated both in Brazil and abroad and there was a significant increase in the number of indexed paper published by Brazilian ecologist. Despite this progress, biodiversity-rich regions such as the Amazon forest, the cerrados and the semi-arid are threatened by large scale activities that cause a dramatic reduction of natural habitats and provoke ecosystem disturbances. The importance of publishing relevant scientific papers is obvious for the advancement of Ecology in Brazil and elsewhere. Nevertheless it is also very relevant that ecologists engage in discussions about our environmental problems in order to proposal effective ways to transform this undesirable reality. A productive way to reach this goal is to stimulate ecologists to engage in national meetings to discuss the integration between scientific ecological competence and its application in real situations. The next important step should be an effective ecologist’s participation in public policies formulation and application.
Palavras-chave: Desenvolvimento da ecologia brasileira
Formação de ecólogos
Políticas públicas ambientais
Development of brazilian ecology
Ecologist training
Environmental public policies
País: Brasil
Instituição: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: MARTINS, Rogério Parentoni; LEWINSOHN, Thomas Michael; DINIZ FILHO, José Alexandre Felizola; COUTINHO, Francisco Ângelo; FONSECA, Gustavo Alberto Bouchardet da; DRUMOND, Maria Auxiliadora. Rumos para a formação de ecólogos no Brasil. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, DF, v. 4, n. 7, p. 25-41, jul. 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.21713/2358-2332.2007.v4.118
Identificador do documento: 10.21713/2358-2332.2007.v4.118
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11612
Data de publicação: Jul-2007
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Rogério Parentoni Martins - 2007.pdf110,28 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons