Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11623
Tipo do documento: Artigo
Título: Susceptibilidade "in vitro" a drogas antifúngicas de leveduras do género cândida de mulheres portadoras de candidíase vaginal
Título(s) alternativo(s): "In vitro" susceptibility to antifungal drugs of yeasts of the genus Cândida isolated from women suffering vaginal candidosis
Autor: Ribeiro, Evandro Leão
Maia, Débora Lemos Maldi
Silva, Maria do Rosário Rodrigues
Resumo: As amostras de Cândida, previamente isoladas e identificadas da mucosa vaginal de mulheres portadoras de candidíase, foram submetidas ao teste de concentração inibitória mínima (CIM), frente às drogas anfotericina B, nistatina, cetoconazol e fluconazol; utilizando-se a técnica de diluição em ágar (TDA), a partir da diluição de 0,05 mg/ml até 100 mg/ml. As 12 amostras de Cândida albicans isoladas foram inibidas pela nistatina em concentração < 6,25 mg/ml e pela anfotericina B numa concentração < 0,78 mg/ml. Todas as amostras mostraram-se resistentes aos derivados azólicos. Cândida krusei, que foi identificada em 2 amostras, mostrou-se também resistente aos derivados azólicos e com CIM de 6,25 mg/ml para nisíatina e de 0,78 mg/ml para anfotericina B.
Abstract: The samples of Cândida, previously isolated and identified from the vaginal mucous of carrier women of candidosis, were submited of the minimun inhibitory concentration test (MIC), to the drugs amphotericin B, nystatin, ketoconazole and fluconazole; using agar diluition technic (ADT). Drug concentrations range from 100 mg/ml to 0,05 mg/ml. These 12 samples of Cândida albicans isolated were inhibited by nystatin in concentration £ 6,25 mg/ml and amphotericin B in concentration £ 0,78 mg/ml, AU these samples indicated resistance to the azoles derivative. T>o samples were identified as Cândida krusei which was also resistant azoles corapounds and showed MIC of 6,25 mg/ml to nystatin and 0,78 mg/ml to amphotericin B.
Palavras-chave: Susceptibilidade "in vitro"
Candidíase vaginal
Drogas antifúngicas
"In vitro" susceptibility
Vaginal candidosis
Antifungal drugs
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: RIBEIRO, Evandro Leão; MAIA, Débora Lemos Maldi; SILVA, Maria do Rosário Rodrigues. Susceptibilidade "in vitro" a drogas antifúngicas de leveduras do género cândida de mulheres portadoras de candidíase vaginal. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 23, n. 2, p. 215-220, jul./dez. 1994. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/20025/11597>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11623
Data de publicação: Nov-1994
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Evandro Leão Ribeiro - 1994.pdf1,28 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons