Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11647
Tipo do documento: Artigo
Título: Infecções agudas do sistema nervoso central (SNC) e doença meningocócica em Goiás. (1971-1994)
Título(s) alternativo(s): Central Nervous System Acute Infections and Meningococcal Disease in Brazil (1971-1994)
Autor: Schmidt, Sydney
Resumo: Relata-sc a ocorrência de 9.888 casos internados em Goiânia, sendo 4.027 (40,73%) da Capílnl c 5.861 (59,27%) procedentes do interior. Rste número de internações corresponde a 56,96% das notificações do Estado de Goiás, no período de estudo, (17.539). As infecções de origem bacteriana foram de 4.14') (41,96%), as de doença meningocócica de 3.103 (31,38%) e as assépticas de 2.636 (26,66%). Dentre as bacterianas, em apenas 980 (23,62%) isolou-se o agente etiológico: Haemophyius injluenzae 411 (9,91%); Slreptococcus pneumoniae 359 (8,65%); Staphylococcus sp. 151 (3,64%) e Slreptococcus sp. 59(1,42%). A utilização de antibióticos antes da internação foi pesquisada no LCR de 278 pacientes e detectado cm 33 (11,87%). Dentre as assépticas, 80 (3,03%) foram classificadas como tuberculosas pelos dados clínicos, radiológicos e epidemiológicos. As tentativas de identificar o Mycobacterium tuberctilosis no líquor pela bacterioscopia e pela cultura foram praticamente nulas. Em 37 (1,40%) dos líquores claros identificou-se e isolou-se o Cryptococcus neoformans. Os casos de criptococose aqui relatados não estavam relacionados com a SIDA. A Netsseria meningitidis foi identificada laboratorialmente em 2.950 (95,07%) dos casos, pela bacterioscopia, cultura e/ou contraimunoeletroforese; em 153 (4,93%) pacientes a classificação de doença meningocócica foi feita pela presença de lesões hemorrágicas cutâneas associadas ao quadro clínico sugestivo, com ou sem choque vascular. O número de internações de menores de 5 anos foi de 4.43X (44,88%) c foram a óbito 970 pacientes com índice de letal idade de 21,61 % menor do que em 170 pacientes maiores de 50 anos (28,82%).
Abstract: This work reports lhe occurrence of 9.888 hospitalized cases in Goiânia, in which 4.027 (40,73%) originated from the Capital and 5.861 (59,27%) from small towns nearby in the State of Goiás. This number represents 56,96% of the notitled cases (17.359). Bacterial infections were 4.149 (41,96%), 3.103 (31,38%) werc menhigucoccal disease and 2.636 (26,66%), the aseptic form. Among the bacterial ones, the etiologic agent was isolated only in 980 (23,62%) as follows: Haemophvlux influenzae, 41 1 (9,91%), Streptococcus pneumoniae, 359 (8,65%), Staphylococcus xp., 151 (3,64%) and Streptococcus sp. 59 (1,42%). Antibiotics administration before hospitalization were investigated in cerebrospinal fluid of 278 patients and detected in 33 (11,87%). Among the aseptic ones, 80 (3,03%) were classifled as tuberculous, according to the clinicai, radiological and epidemiological fíndings. The attempts to identify Mycobacterium tuberculosis in cerebrospinal fluid by microscópica! examination and cultures were unsuccessful. In 37 (1,40%) of the clear cerebrospinal fluids, Cryptococcus neoformans were identified and isolated buí they were not related to AIDS. Neisseria meningitidis were identified and isolated in 2.950 (95,07%) patients by microscopical examination, culture and/or counterimmuneletrophoresis. In 153 (4,93%) patients, meningococcal disease was classified according to the clinicai findings. Hemorrhagic cutaneous injuries with or without vascular shock. 4.438 (44,88%) were under five years old. The death rate was bigger in patients over fifly (28,82%) than in children under five years old (27,12%).
Palavras-chave: Meningites
Meningococcemia
Meningitis
Meningococcemiae
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: SCHMIDT, Sydney. Infecções agudas do sistema nervoso central (SNC) e doença meningocócica em Goiás. (1971-1994). Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 24, n. 1, p. 70-92, jan./jun. 1995. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/19882/11467>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11647
Data de publicação: Mai-1995
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Sydney Schmidt - 1995.pdf2,71 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons