Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11674
Tipo do documento: Artigo
Título: Avaliação da eficácia do albendazol na lagochilascaríase murina experimental
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the efficacy of albendazol in the murine experimental lagochilascariasis
Autor: Vieira, Miguel Alípio
Oliveira, Jayrson Araújo de
Barbosa, Carlos Augusto Lopes
Resumo: Para avaliar a ação do albendazol sobre larvas de terceiro estágio de Lagochilascarís minor foram empregados 60 camundongos isogênicos C57BL/6, divididos cm três grupos iguais. Cada animal foi inoculado com l O3 ovos ínfectantes de L. minor, via oral, através de uma sonda esofagiana. Todos os animais dos Grupos I e H foram tratados individualmente com albendazol, na dosagem de 400mg/kg/dia, via oral, durante 30 dias. Tendo em vista o padrão de migração de larvas de L. minor no organismo de camundongo (hospedeiro intermediário), os animais do Grupo I receberam a droga a partir do 7° dia e os do Grupo II, no 60° dia após a inoculação. Os camundongos do Grupo III (controle) n3o foram tratados com a droga. No 5° dia após o término do uso da droga, todos os animais de cada grupo foram necropsiados. O número de larvas vivas recuperadas dos nódulos da musculatura esquelética do tecido celular subcutâneo e das vísceras foi o critério utilizado para avaliar a eficácia da droga. Foram observados níveis de eficácia de 80,9% para o Grupo I e de 66,3% para o Grupo II. Podemos inferir que ambos os esquemas terapêuticos utilizados neste trabalho foram ineficazes no tratamento da lagochilascaríase murina experimental.
Abstract: Sixty inbred C57BL/6 mice were allocated into 3 equal groups, for the evaluatíon of the action of albendazol on 3rd stage Lagochilascaris minor larvae. Each animal was inoculated with IO3 infecting eggs of L, minor , through an esophageal probe. AH animais in groups I and II were treated with albendazol 400 mg/Kg/day by 30 days. Animais in group I received the drug on the 7th day and in group II on the 60th day post inoculation, due ío the migration pattern of L. minor larvae on the mouse organism. The mice in group III (controls) did not receive the drug. AU animais were sacrificied on the 5th day post drug ingestion. The criteria used for the evaluation of the efficacy of the drug was the number of living larvae retrieved from striated muscle, subcutaneous tíssue and viscus nodules. Efficacy leveis of 80,9% for group I and 66,3% for group II were observed. We conclude that both therapeutic protocols used were ineffective in the treatment againsí murine experimental lagochilascariasis.
Palavras-chave: Albendazol
Lagochilascaríase
Terapêutica
Experimental lagochilascariasis
Efficacy
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFGF
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: VIEIRA, Miguel Alípio; OLIVEIRA, Jayrson Araújo de; BARBOSA, Carlos Augusto Lopes. Avaliação da eficácia do albendazol na lagochilascaríase murina experimental. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 25, n. 2, p. 253-262, jul./dez. 1996. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/18484/10962>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 0301-0406
Identificador do documento: 0301-0406
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11674
Data de publicação: Ago-1996
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Miguel Alípio Vieira - 1996.pdf1,91 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons