Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11708
Tipo do documento: Artigo
Título: Identificação e determinação da susceptibilidade a drogas de micobactérias isoladas de pacientes com a síndrome da imunodeficiência adquirida atendidos em hospital de referência para AIDS em Goiás, Brasil
Título(s) alternativo(s): Detection, identification and susceptibility to antimycobacterial drugs of mycobacteria from patients with the acquired immunodeficiency syndrome at an AIDS Reference Hospital in Goiás, Brazil
Autor: Maia, Débora Lemos Maldi
Souza, Lilian de
Reis, Cleômenes
Resumo: Após consentimento livre e esclarecido, foram coletadas e analisadas, bacteriologicamente, 116 amostras (líquor, escarro, lavado brônquico, biópsia/punção de gànglio, urina, sangue, biópsia hepática, aspirado de medula óssea e líquido pleural), provenientes de 87 portadores de aids internados ou em acompanhamento no Hospital de Doenças Tropicais do Estado de Goiás (HDT). O material foi submetido à baciloscopia pela técnica de Ziehl-Neelsen e à cultura em dois meios: Lõwenstein-Jensen, L-J, (sólido) e sistema bifásico, BI, (sólido/líquido). A descontaminação foi processada pelos métodos de Petrolf e lauril-sulfato de sódio (SDS). A identificação das micobactérias foi realizada através de provas de crescimento em presença de inibidores, produção de pigmento, tempo de crescimento e provas bioquímicas. Determinou-se a susceptibilidade às drogas antimicobacterianas em todas as cepas deM. tuberculosis obtidas. Foram isoladas micobactérias em 12 (10,3%) das 116 amostras analisadas. Dentre os 12 isolados, nove, provenientes de oito pacientes, foram identificados como M. tuberculosis e os demais, de dois pacientes, como pertencentes ao complexoM. avium (MAC). Uma das cepas deM. tuberculosis, obtida de Hquor, mostrou-se resistente à estreptomicina e outra, de escarro com baciloscopia negativa, apresentou resistência a rifampicina, isoniazida, pirazinamida, estreptomicina, etambutol e etionamida. Das 12 culturas positivas, seis tiveram baciloscopia negativa e o isolamento de duas cepas de MAC só aconteceu no material descontaminado pelo método SDS. Quanto à eficiência dos meios de cultura, não foi possível observar diferença entre os meios L-J e BI.
Abstract: Detection, identification and susceptibility to antimycobacterial drugs of mycobacteria from patients with the acquired immunodeficiency syndrome at an AIDS Reference Hospital in Goiás, Brazil. ln the present study, 116 samples, including cerebrospinal fluid, sputum, bronchoscopy specimens, lymph node biopsy, urine, blood, tiver biopsy, bone marrow aspirate and pleural liquid were obtained from AIDS in-patients or out-patients followed-up at Hospital de Doenças Tropicais do Estado de Goiás (HDT). Samples were processed for detection of mycobacteria. Acid­fast bacillus (AFB) was detected by conventional Ziehl-Neelsen method and cultures were performed by inoculation into a solid medium, Lõwenstein­Jensen (L-J), and biphasic system (BI), consisting of a solid medium (L-J) associated to a liquid medium (7H9). Before culturing, samples were digested and decontaminated with sodium dodecyl sulphate (SOS) and by the Petroff method. Species identification was based on growth in the presence of inhibitory agents, growth rates, colony pigmentation and biochemical tests. M tubercu/osis isolates were tested for susceptibility to antimycobacterial drugs. Tests were performed on L-J by the proportion method established by Canetti. The 116 samples yielded 12 isolates (10,3%). These 12 isolates, included nine M tubercu/osis (from eight patients) and three M avium complex (MAC) strains (from two patients). M. tuberculosis recovered from cerebrospinal fluid was resistant to streptomycin and another one, from a smear-negative sputum, was resistant to rifampicin, isoniazid, pirazinamid, streptomycin, ethambutol and ethionamid. Of 12 culture-positive samples, six were smear-negative and two MAC strains were recovered only after sample decontamination by SOS method. There were no differences between L-J medium and BI on recovery rates of the cultured materiais.
Palavras-chave: Micobactérias
Tuberculose
Aids
Mycobacteria
Tuberculosis
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: MAIA, Débora Lemos Maldi; SOUZA, Lilian de; REIS, Cleômenes. Identificação e determinação da susceptibilidade a drogas de micobactérias isoladas de pacientes com a síndrome da imunodeficiência adquirida atendidos em hospital de referência para AIDS em Goiás, Brasil. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 29, n. 2, p. 181-196, jul./dez. 2000. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/17007/10301>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11708
Data de publicação: Dez-2000
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Débora Lemos Maldi Maia - 2000.pdf4,17 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons