Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11711
Tipo do documento: Artigo
Título: Frequência e caracterização de leveduras na mucosa bucal de usuários de próteses dentárias
Título(s) alternativo(s): Frequency and characterization of cândida albicans in the mouth of peoplc with dental prosthesis
Autor: Coutrim, Andreia Borges
Fernandes, Orionalda de Fátima Lisboa
Pimenta, Fabiana Cristina
Costa, Théo Rodrigues
Costa, Márcio Rodrigues
Silva, Maria do Rosário Rodrigues
Resumo: O uso de próteses dentárias totais tem sido correlacionado com o aumento de leveduras do género Cândida na cavidade bucal. As características adquiridas por isolado de Cândida albicans servem como um marcador epidemio lógico. Neste trabalho foram coletadas amostras de 57 indivíduos portadores de próteses dentárias totais e de 30 indivíduos dentados, cultivadas em ágar Sabouraud dextrose. As leveduras isoladas foram identificadas através de produção de tubo germinativo e clamidósporos, além de provas bioquímicas de assimilação de fontes de carbono e nitrogénio. Isolaram-se 75,4% (43/57) leveduras em portadores de próteses dentárias totais e 26,7% (8/30) em indivíduos dentados, havendo um predomínio de Cândida albicans nos dois grupos estudados. Através da técnica de morfotipagem foi observado o predomínio do morfotipo 5330 em 40,5% (17/43) dos isolados obtidos dos usuários de próteses e do morfotipo 0000 em 37,5% (3/8) nos isolados do grupo de dentados, o que mostra haver diferenças nas características morfológicas exibidas pelos dois grupos.
Abstract: Dental prosthesis have been related to an increase of yeasts of the genus Cândida in oral mucosa. The features acquired by each Cândida albicans strain turn into an epidemyologic marker. We collected samples from 57 total dental prosthesis' users and from 30 natural teeth individuais, which werc cultured in agar sabouraud dextrose media. Identification of yeasts was donc by germ tube and chlamydospores production, besides assimilation carbon and nitrogen biochemical tests. We isolated yeasts in 75,4% (43/57) of the total dental prosthesis useis and in 26,7% (8/30) of teethed people. The most prevalent yeast was Cândida albicans in both groups. 5330 morphotype was observed in 40,5% (17/43) of samples from prosthesis users, being the most prevalent morphotype, and morphotype 0000 was found in 37,5% (3/8) of people with teeth, showing different morphological features between groups.
Palavras-chave: C. albicans
Próteses dentárias
Morfotipos
Prosthesis
Morphotype
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: COUTRIM, Andreia Borges; FERNANDES, Orionalda de Fátima Lisboa; PIMENTA, Fabiana Cristina; COSTA, Théo Rodrigues; COSTA, Márcio Rodrigues; SILVA, Maria do Rosário Rodrigues. Frequência e caracterização de leveduras na mucosa bucal de usuários de próteses dentárias. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 29, n. 2, p. 205-212, jul./dez. 2000. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/17009/10303>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11711
Data de publicação: Dez-2000
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Andreia Borges Coutrim - 2000.pdf1,82 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons