Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11748
Tipo do documento: Artigo
Título: Métodos aplicados à epidemiologia molecular do mycobacterium tuberculosis
Título(s) alternativo(s): Methods employed in the molecular epidemiology of mycobacterium tuberculosis
Autor: Santos, Lorena Cristina
Junqueira-Kipnis, Ana Paula
Kipnis, André
Resumo: Estima-se que um terço da população mundial esteja infectada com Mycobacterium tuberculosis, resultando em dois milhões de mortes anualmente. No mundo, são registrados mais de oito milhões de novos casos de tuberculose por ano e o Brasil é um dos principais países nos quais ocorrem tais registros. Os fatores determinantes para o controle da tuberculose são: a detecção rápida, a terapia adequada e os meios de se evitar futuras transmissões. A caracterização de linhagens por tipagem molecular é um instrumento útil nessas investigações epidemiológicas. Existem vários métodos de tipagem molecular para a caracterização destas linhagens. O IS6110-RFLP é a técnica padronizada mundialmente. Algumas técnicas, como spoligotyping, VNTRs-MIRUs, entre outras, têm representado alternativas para análises de isolados de M. tuberculosis geneticamente relacionados, especialmente em casos em que a análise de IS6110-RFLP não é aplicável. Nesta revisão, foram consultadas publicações relevantes sobre o assunto, em periódicos especializados, a fim de se obter maior compreensão sobre as técnicas de genotipagem do Mycobacterium sp e suas respectivas vantagens e limitações.
Abstract: Almost one third of the world population is infected with Mycobacterium tuberculosis which results in two millions of deaths annually. Every year, eight million of new tuberculosis cases are reported worldwide and Brazil is one of the main contributing countries for those cases. Key factors for controlling tuberculosis are: rapid detection, adequate therapy, and means to avoid further transmissions. Strain characterization by molecular typing has become a useful tool in epidemiological investigations. There are several methods for molecular typing of these strains, IS6110-RFLP being considered the gold standard. Some methods, such as spoligotyping, VNTRs-MIRUSs, among others, have proved to be useful as an alternative in cases where IS6110-RFLP is not applicable. In order to broaden our understanding about Mycobacterium sp genotyping techniques, as well as their limitations and advantages, several relevant publications about this matter are presented and discussed in this review.
Palavras-chave: Mycobacterium tuberculosis
Epidemiologia
Tipagem molecular
Mycobacterium
Epidemiology
Molecular typing
País: Brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: SANTOS, Lorena Cristina; KIPNIS, Ana Paula Junqueira; KIPNIS, André. Métodos aplicados à epidemiologia molecular do mycobacterium tuberculosis. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 36, n. 1, p. 1-15, jan./abr. 2007. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/1812/1730>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11748
Data de publicação: Abr-2007
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Lorena Cristina Santos - 2007.pdf641,65 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons