Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11900
Tipo do documento: Artigo
Título: Proteínas totais, transaminase glutâmica oxalacética e transaminase glutâmica pirúvica em bovinos intoxicados experimentalmente pelo tetracloreto de carbono
Autor: Jardim, Eduardo Cavalheiro
Ferreira Neto, Joaquim Martins
Fichtner, Suzete Silveira
Resumo: Para o presente experimento foram utilizados cinco bovinos, mestiço holandês-zebu, machos de 16 a 18 mê­ses de idade, com o peso corporal variando de 95 a 150 quilos e clinicamente sadios. Os animais foram alojadas em ba­ias individuais, recebendo cada um deles diariamente gramí­neas trituradas "ad libtum" e um quilo de ração de mantença. Utilizou-se o tetracloreto de carbono diluí­da a 50\ em Óleo de milho, a fim de provocar lesão hepática. O volume administrado em cada dose foi o seguinte (ml): 0,1; 0,3; 0,5; 0,7 e 0,9; respectivamente para os animais de I a V, O tetracloreto de carbono foi administrado por punção in traruminal na fossa paralombar esquerda, com o animal mantido em decúbito lateral direito. A pesquisa foi realizada durante 61 dias, com o animal número IV morrendo no quinquagésimo sétimo dia e os demais sendo sacrificados no sexagésimo primeiro dia do experimento. O sangue colhido por punção da veia jugular sempre na parte da manhã, com os animais mantidos num jejum de 12 horas. Quando o dia de colheita coincidia com o de tratamento, o sangue era colhido antes da administração do te­tracloreto de carbono. Foram realizadas dez colheitas de sangue, num total de cincoenta amostras, com a primeira colhei­ta sendo realizada imediatamente antes da administração da dose inicial de tetracloreto de carbono. As dosificações, em nümero de dez, foram realizadas a partir da inicial, de seis em seis dias. Foram analisados, através da colorimetria, os níveis séricos das transaminases glutâmica-oxalacêtica e glutâmica-pirúvica. As proteinas totais foram determinadas eletro foreticamente. Foram colhidas e analisadas amostras hepáti­cas. Os resultados dos exames histopatológicos indicam a presença de áreas de degeneração turva das células hepáticas com localização predominante junto à veia centro-lobular , a presença de focos de necrose de coagulação, com invasão de células inflamatórias, predominantemente mononucleares linfócitas, na área localizada na periferia, nos animais que receberam as doses de tetracloreto de carbono. Entretanto, os níveis sêricos das transaminases variaram significativatnente. indicando a presença de três distintas fases reacionais hepâticas durante o experimento. As oscilações dos níveis sêricos das prote! nas totais, especialmente da albumina, foram mais nítidas no final do experimento. As variações observadas nos níveis séricos das substâncias analisadas no presente experimento não guardaram relação direta com o volume da droga administrada. Baseando-se nas análises dos dados obtidos ne_! te experimento, pode-se concluir que: I, As alterações histopatolÓgicas do fíga­do não guardaram relação direta com o volume de tetracloreto de carbono administrado; II. Nas condições em que foi realizado o e! peri􀂧ento, as lesões histopatolÓgicas do fígado mostraram i􀂻 dícios de regeneração celular; III. Os níveis séricos das transaminases, nas condições do presente experimento, permitem sua utilização CQ mo Índice de alteração físico-químicas dos hepatócitos, com restrições relativas as estágio do processo; rv. Os niveis séricos de proteínas totais, em especial os da albumina, nas condições em que se realizou o presente experimento, permitem sua indicação como índice de incapacidade hepática de síntese proteica.
Abstract: The authors analysed GOT and GPT serum levels as well as total pretein in S bovines experimentally poisoned by C CL4. lt was found that transaminase serum elevels can be used as an index of Hepatocytes Physical and Chemical Altera­ tions; and that total protein. excepting Albumin, serve as an index of Hepatic Incapacity in the Protein Synthesis.
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: JARDIM, Eduardo Cavalheiro; FERREIRA NETO, Joaquim Martins; FICHTNER, Suzete Silveira. Proteínas totais, transaminase glutâmica oxalacética e transaminase glutâmica pirúvica em bovinos intoxicados experimentalmente pelo tetracloreto de carbono. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 15-31, jan./dez. 1979. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2358/2322>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11900
Data de publicação: Mai-1979
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Eduardo Cavalheiro Jaradim - 1979.pdf410,92 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons