Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11919
Tipo do documento: Artigo
Título: Estudo da rede de colaboração científica em nanotecnologia na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Título(s) alternativo(s): Study of the scientific collaboration network in nanotechnology at the Brazilian Agricultural Research Corporation
Autor: Campos, Marcelo Moreira
Guimarães, Marcos Vinícius Amorim Ferreira
Ferreira, Liliane Juvência Azevedo
Alvares, Lillian Maria Araújo de Rezende
Resumo: O estudo da colaboração científica permite observar resultados que podem orientar a gestão da pesquisa em uma organização. Nesse sentido, o objetivo deste estudo é analisar a rede de colaboração científica em nanotecnologia na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e sua evolução, considerando-se ser um tema que vem gerando resultados inovadores para o agronegócio brasileiro. Para tanto, foi empregada a metodologia de Análise de Redes Sociais, com o objetivo de perceber as relações de coautoria e de como analisar a evolução dessa rede de colaboração. Para trabalhar a perspectiva dos dados, foi escolhida a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária, de acesso público, organizada e gerenciada pela Embrapa. A análise dos dados baseou-se na produção científica entre 2006 e 2014. Para a análise da evolução da rede, o período foi dividido em três fases: de 2006 a 2008, de 2009 a 2011 e de 2012 a 2014. Os dados, recuperados a partir do ano de 2006, permitiram compor um período significativo de análise de quase dez anos, evidenciando que a evolução da rede aconteceu de forma progressiva, e que a colaboração científica sobre o tema na Embrapa se torna cada vez mais efetiva e dinâmica.
Abstract: The study of scientific collaboration allows us to observe, for instance, results that can guide research management in an organization. In this sense, the objective of this study is to analyze the network for scientific collaboration in nanotechnology at the Brazilian Agricultural Research Corporation, and the evolution thereof, since this is a field which has produced innovative results for Brazilian agribusiness. To this end, the methodology of Social Network Analysis was used in order to identify co-authorship connections and to analyze the evolution of this network. The origin of the data was Agricultural Research Database (Base de Dados da Pesquisa Agropecuária), which is freely accessible to the public. The analysis was based on scientific production from 2006 to 2014. For the analysis of network evolution, this timeframe was divided into three periods, consisting of the periods from 2006 to 2008, 2009 to 2011, and 2012 to 2014. The results showed that the data represents a significant timeframe for analysis, nearly 10 years, providing the perception that, insofar as the evolution of the network is concerned, it evidently occurred in a gradual manner, highlighting the fact that scientific collaboration in nanotechnology at Embrapa becomes increasingly effective and dynamic.
Palavras-chave: Análise de redes sociais
Embrapa
Colaboração científica
Nanotecnologia
Social network analysis
Nanotechnology
Scientific collaboration
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Unidade acadêmica: Universidade Federal de Goiás, Biblioteca Central, Sessão de Referência - UFG - BC (RG)
Citação: CAMPOS, Marcelo Moreira; GUIMARAES, Marcos Vinícius Amorim Ferreira; FERREIRA, Liliane Juvência Azevedo, ALVARES, Lillian Maria Araújo de Rezende. Estudo da rede de colaboração científica em nanotecnologia na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Transinformação, Campinas, v. 29, n.1, p.115-123, jan./abr. 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/2318-08892017000100011
Identificador do documento: 10.1590/2318-08892017000100011
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11919
Data de publicação: Abr-2017
Aparece nas coleções:SIBI - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Marcelo Moreira Campos - 2017.pdf1,04 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons