Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11964
Tipo do documento: Artigo
Título: Functional differentiation between fish assemblages from forested and deforested streams
Autor: Teresa, Fabrício Barreto
Casatti, Lilian
Cianciaruso, Marcus Vinicius
Resumo: A hipótese de que as alterações ambientais causadas pelo desmatamento nos riachos podem restringir a ocorrência de espécies a partir de suas características funcionais foi testada. Comparamos a composição das comunidades de três riachos do sudeste do Brasil providos de floresta riparia nas suas margens com três riachos da mesma região com zona ripária desmatada. Os seguintes atributos funcionais foram considerados: dieta, uso de hábitat, preferência por fluxo, tamanho e tolerância à hipóxia. A diferenciação dos riachos, em especial entre os riachos florestados e desmatados, foi maior do que o esperado ao acaso e correspondeu à contribuição diferencial de três grupos funcionais. As espécies indicadas na literatura como sendo tolerantes à hipóxia e que apresentaram combinação variável das outras características foram mais abundantes nos riachos desmatados, embora não tenhamos observado diferenças substanciais nos níveis de oxigênio dissolvido entre os riachos florestados e desmatados. Nos riachos florestados predominaram espécies de hábitos especializados, bentônicas, associadas com alta velocidade de água e dieta insectívora. As alterações nos riachos provocadas pelo desmatamento relacionadas com a disponibilidade de habitat, recursos alimentares e condições físico-químicas restringem a ocorrência de grupos de espécies especializadas e beneficiam espécies tolerantes e generalistas.
Abstract: We tested the hypothesis that streams in deforested areas shelter different fish communities to nearby forested areas, and that these disparities are due to environmental parameters that limit or benefit different species according to their functional traits. We compared the community composition of three south east Brazilian streams flanked by riparian forest with three nearby streams in deforested areas. The following functional traits were considered: diet, habitat use, water flow preference, size, and hypoxia tolerance. Differentiation between forested and deforested streams corresponded with the different contributions of three functional groups. Species reported in the literature to be hypoxia tolerant, and exhibiting a variable combination of the other traits prevailed in deforested streams, although we did not find substantial differences in oxygen levels between forested and deforested streams. In forested streams, benthic species associated with a high water flow and an insectivorous diet were dominant. Changes in streams induced by deforestation which are associated with habitat availability, food resources, and physicochemical conditions appear to restrict the occurrence of specialized species and instead benefit tolerant generalists.
Palavras-chave: Community ecology
Functional diversity
Deforestation
Traits
País: Brasil
Instituição: Sociedade Brasileira de Ictiologia
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: TERESA, Fabrício Barreto; CASATTI, Lilian; CIANCIARUSO, Marcos Vinicius. Functional differentiation between fish assemblages from forested and deforested streams. Neotropical Ichthyology, Maringá, v. 13, n. 2, p. 361-370, Apr./June 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/1982-0224-20130229
Endereço da licença: An error occurred getting the license - uri.
Identificador do documento: 10.1590/1982-0224-20130229
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11964
Data de publicação: Jun-2015
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Fabrício Barreto Teresa - 2015.pdf1,86 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons