Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12069
Tipo do documento: Artigo
Título: Chironomidae assemblage structure in relation to organic enrichment of an aquatic environment
Título(s) alternativo(s): Estrutura da assembléia de chironomidae em relação ao enriquecimento orgânico de um ambiente aquático
Autor: Ferreira, Juliana Simão
Marco Júnior, Paulo de
Mazão, Gustavo Rincon
Carvalho, Adriana Rosa
Resumo: A diversidade taxonômica da comunidade de Chironomidae em ambientes aquáticos poluídos e não-poluídos foi estudada na área de influência do Distrito Agroindustrial de Anápolis, Anápolis, GO, avaliando-se a distribuição lognormal como indicador da integridade biótica desses sistemas. Larvas de Chironomidae foram coletadas em três pontos a montante e jusante do lançamento do efluente da estação de tratamento de esgoto desse distrito industrial. O ajuste do modelo de distribuição foi realizado utilizando-se o modelo de regressão não-linear, adotando procedimento iterativo quasi Newton. Foram amostrados 21.498 indivíduos de 24 gêneros de Chironomidae. Chironomus, Polypedilum, Rheotanytarsus e Thienemanniella foram os mais abundantes, visto que são geralmente considerados resistentes à poluição orgânica. A assembléia do ponto a montante do lançamento foi bem descrita pelo modelo de distribuição lognormal truncada. O grande aumento da abundância de alguns gêneros no primeiro ponto a jusante impossibilitou o ajuste da distribuição lognormal truncada. O segundo a jusante, no entanto, possibilitou bom ajuste, possivelmente devido à diminuição na abundância dos grupos dominantes. Esses dados corroboram a hipótese de que as assembléias de chironomideos em ambientes não alterados são bem descritas por uma distribuição lognormal, o que não pode ser observado em ambientes degradados. Desta forma, evidenciou-se que a poluição orgânica causa desestruturação das comunidades aquáticas desse sistema, com perda das espécies sensíveis e dominância das tolerantes a esse tipo de impacto. Além disso, fica evidente que a distribuição lognormal pode ser considerada uma valiosa abordagem para avaliação de impactos ambientais.
Abstract: In this study we determined the taxonomic diversity of larval Chironomidae upstream and downstream to discharges of the sewage treatment plant (STP) from Agro-industrial District of Anápolis, State of Goiás, Brazil. Additionally, we evaluated the use of the lognormal distribution as a measure of biotic integrity of this system. The Chironomidae communities were sampled in three sites, upstream and downstream of the discharge of the sewage treatment plant (STP). We fitted the truncate lognormal distribution based on a nonlinear regression of the datasets using least squares as loss function in an iterative quasi-Newton procedure. The total of 21,498 individuals were sampled, from 24 Chironomidae genera, Chironomus, Polypedilum, Rheotanytarsus e Thienemanniella, with 73.9%, 14.4%, 7.1% and 4.5%, respectively, of all analyzed community; they are generally considered resistant to organic pollution. The assemblage of the site upstream was described for a truncate lognormal distribution. The extreme increase in abundance of some genera in the first site downstream produced a distribution not fitted to lognormal. The second site downstream however, permits a good fit to lognormal, probably due to the decrease in abundance of the dominant groups. These data substantiate the hypothesis that Chironomidae community is not suitably characterized by lognormal distribution at disturbed environments. Consequently, these aquatic communities were ecological disordered by organic pollution which caused the lost of sensible species and the dominance of those tolerants to this sort of impact. Additionally, the study highlighted the distribution lognormal approach as a valuable method to assess environmental impacts.
Palavras-chave: Environment disturbance
Distúrbio ambiental
Lognormal model
Bioindicator
Modelo lognormal
Bioindicador
País: Brasil
Instituição: Sociedade Entomológica do Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: SIMIÃO-FERREIRA, Juliana; MARCO JR., Paulo de; MAZÃO, Gustavo R.; CARVALHO, Adriana R. Chironomidae assemblage structure in relation to organic enrichment of an aquatic environment. Neotropical Entomology, Londrina, v. 38, n. 4, p. 464-471, July/Aug. 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S1519-566X2009000400004
Identificador do documento: 10.1590/S1519-566X2009000400004
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12069
Data de publicação: Ago-2009
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Juliana Simão Ferreira - 2009.pdf408,02 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons