Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12107
Tipo do documento: Artigo
Título: Mites and leaf domatia: no evidence of mutualism in Coffea arabica plants
Título(s) alternativo(s): Ácaros e domácias foliares: sem evidências de mutualismo em plantas de Coffea arabica
Autor: Romero, Gustavo Quevedo
Daud, Rodrigo Damasco
Salomão, Adriana Trevizoli
Martins, Luiz Fernando
Feres, Reinaldo José Fazzio
Benson, Woodruff Whitman
Resumo: Domácias são pequenas estruturas presentes na junção entre as nervuras principal e secundárias das folhas de muitas espécies de plantas, que podem mediar interações mutualísticas entre ácaros e plantas. Em experimento, nós bloqueamos as domácias em formato de covas de folhas novas e velhas de Coffea arabica L. com gotas de resina, a fim de investigar o seu papel i) na abundância de ácaros na comunidade e ii) nos danos foliares. Mais de 77% dos ácaros coletados são predadores, enquanto 19 e 3,3% são onívoros e fitófagos, respectivamente. Não houve influência do bloqueio das domácias tanto na abundância quanto nos danos foliares. Entretanto, os ácaros predadores e micófagos foram mais abundantes nas folhas novas do que nas velhas; os ácaros fitófagos ocorreram em pequena densidade e ocuparam somente as plantas com domácias abertas. A ausência de mutualismo entre os ácaros e plantas de C. arabica pode ter ocorrido porque as entradas das domácias analisadas eram muito pequenas, não permitindo a entrada dos predadores fitoseídeos nessas estruturas.
Abstract: We conducted experiments by blocking off pit-like domatia from old and new leaves of Coffea arabica L., using tiny resin drops, to investigate the role of domatia on i) mite abundance at the community level and on ii) leaf damages. More than 77% of the mites collected were predators, whereas 19 and 3.3% were omnivores and phytophages, respectively. Domatia blockage treatment had no influence either on mite abundances or leaf damages. However, predatory and omnivorous mites were more abundant on new than on the old leaves; phytophagous mites occurred at very low density and occupied only plants having open domatia. The absence of mutualism between mites and C. arabica probably occurred because the entrances of domatia were too small and did not enable the entry of fitoseid predators in these structures.
Palavras-chave: Mite-plant interactions
Mite community
Space limitation
Atlantic rain forest
Mutualism breakdown
Interações entre ácaros e plantas
Comunidade de ácaros
Limitação de espaço
Mata atlântica
Ruptura de mutualismo
País: Brasil
Instituição: Instituto Virtual da Biodiversidade
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: ROMERO, Gustavo Quevedo; DAUD, Rodrigo Damasco; SALOMÃO, Adriana Trevizoli; MARTINS, Luiz Fernando; FERES, Reinaldo José Fazzio; BENSON, Wodruff Whitman. Mites and leaf domatia: no evidence of mutualism in Coffea arabica plants. Biota Neotropica, Campinas, v. 11, n. 1, p. 1-8, Jan./Mar. 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S1676-06032011000100002
Identificador do documento: 10.1590/S1676-06032011000100002
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12107
Data de publicação: Mar-2011
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Gustavo Quevedo Romero - 2011.pdf358,66 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons