Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12115
Tipo do documento: Artigo
Título: Distribuição temporal e diversidade de modos reprodutivos de anfíbios anuros no Parque Nacional das Emas e entorno, estado de Goiás, Brasil
Título(s) alternativo(s): Temporal distribution and diversity of reproductive modes in anuran amphibians in the Emas National Park and surrounding area, state of Goiás, Brazil
Autor: Kopp, Katia Alcione
Signorelli, Luciana
Bastos, Rogério Pereira
Resumo: As comunidades de anfíbios anuros, principalmente de regiões tropicais, são influenciadas diretamente pelas condições ambientais, as quais desempenham um papel importante na estruturação e regulação das comunidades. Esse estudo teve como objetivo determinar a diversidade de modos reprodutivos, a temporada de vocalização e testar a correlação das variáveis climáticas sobre a riqueza, a abundância dos anuros adultos e dos girinos e sobre a atividade de vocalização dos machos em 12 corpos d’água localizados no interior e entorno do Parque Nacional das Emas, sudoeste do estado de Goiás, Brasil. Foram realizadas 16 amostragens entre dezembro de 2005 e março de 2008. Um total de 25 espécies de cinco famílias foram registradas: Bufonidae (uma espécie), Hylidae (nove espécies), Leptodactylidae (oito espécies), Leiuperidae (seis espécies) e Microhylidae (uma espécie). Quatro padrões de atividade reprodutiva foram reconhecidos entre as espécies: contínuo, intermediário, prolongado e explosivo. A riqueza de anuros adultos, a abundância e atividade de vocalização dos machos foram positivamente relacionadas com a temperatura do ar, umidade e precipitação. A riqueza de girinos foi positivamente relacionada com a precipitação e com a temperatura da água, mas não houve relação da abundância de girinos com nenhum dos descritores climáticos. Foram registrados seis modos reprodutivos: 56% das espécies apresentaram modos reprodutivos aquáticos generalizados (modo 1 e 4), e 44% depositam os ovos em ninhos de espuma (modos 11, 13, 30 e 32). As espécies registradas no presente estudo apresentaram predominância de modos reprodutivos generalizados e padrão reprodutivo tipicamente associado ao período quente e chuvoso, como esperado para regiões tropicais sazonais. Entretanto, a segregação temporal entre grupos de espécies dentro do período chuvoso parece facilitar a coexistência de espécies generalistas típicas de áreas abertas e/ou antrópicas.
Abstract: The communities of anuran amphibians, especially in tropical regions, are directly influenced by environmental conditions, which play an important role in structuring and regulating communities. This study aimed to determine the diversity of reproductive modes, season of vocalization and to test correlation among climatic variables and richness, abundance of adult frogs and tadpoles, and activity of vocalization of males in 12 water bodies located in and around the Emas National Park, southwestern state of Goiás, Brazil. Sixteen samples were carried out between December 2005 and March 2008. A total of 25 species from five families were recorded: Bufonidae (one species), Hylidae (nine species), Leptodactylidae (eight species), Leiuperidae (six species) and Microhylidae (one species). Four patterns of reproductive activity were recognized among the species: continuous, intermediate, long and explosive. The richness of adult frogs, the abundance and activity of the calling males were positively related to air temperature, humidity and precipitation. The richness of tadpoles was positively related to precipitation and water temperature, but there was no relationship between the abundance of tadpoles with no descriptors of climate. Six reproductive modes were recorded, 56% of species had widespread aquatic reproductive modes (mode 1 and 4) and 44% deposit eggs in nests of foam (modes 11, 13, 30 and 32). The species recorded in this study showed a predominance of reproductive modes and general reproductive pattern typically associated with the warm and rainy period, as expected for tropical and seasonal regions. However, the temporal segregation between groups of species within the rainy season seems to facilitate the coexistence of generalist species typical of open and/or anthropogenic areas.
Palavras-chave: Temporal segregation
Seasonality
Tropical region
Cerrado
Segregação temporal
Sazonalidade
Região tropical
País: Brasil
Instituição: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: KOPP, Katia; SIGNORELLI, Luciana; BASTOS, Rogério P. Distribuição temporal e diversidade de modos reprodutivos de anfíbios anuros no Parque Nacional das Emas e entorno, estado de Goiás, Brasil. Iheringia. Série Zoologia, Porto Alegre, v. 100, n. 3, p. 192-200, set. 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0073-47212010000300002
Identificador do documento: 10.1590/S0073-47212010000300002
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12115
Data de publicação: Set-2010
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Katia Kopp - 2010.pdf509,6 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons