Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12121
Tipo do documento: Artigo
Título: Herpetofauna da Floresta Nacional de Silvânia, um remanescente de Cerrado no Brasil Central
Título(s) alternativo(s): Herpetofauna of the Floresta Nacional de Silvânia, a Cerrado remnant in Central Brazil
Autor: Morais, Alexandro Ribeiro
Bastos, Rogério Pereira
Vieira, Raisa
Signorelli, Luciana
Resumo: O Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro, sendo um dos mais alterados por ação antrópica. Atualmente, foi considerado um dos 25 hotspots de biodiversidade, sendo que poucas informações a respeito de sua fauna estão disponíveis em literatura, especialmente para a herpetofauna. Desta maneira, realizamos a caracterização das assembleias de anfíbios e répteis da Floresta Nacional (FLONA) de Silvânia com o objetivo de contribuir com o conhecimento da herpetofauna do Cerrado e subsidiar estratégias para conservação deste grupo. O presente estudo foi conduzido entre os meses de julho/2008 a junho/2009, perfazendo um total de 21 visitas ao campo em 84 dias de amostragem. A amostragem foi realizada por procura ativa e utilização de armadilhas de interceptação e queda, sendo os resultados complementados por informações disponíveis em literatura. Foram registradas 65 espécies, sendo 33 de anfíbios anuros e 32 espécies de répteis pertencentes às ordens Testudines e Squamata. Dentre as espécies de anuros registradas, quatro representam novas ocorrências para FLONA de Silvânia (Elachistocleis cf. cesarii, Odontophrynus salvatori, Physalaemus sp. (aff. albonotatus) e Scinax aff. similis). Em relação aos répteis, trata-se da primeira caracterização do grupo para a área, sendo registrada uma espécie de quelônio, 14 lagartos e 17 serpentes. O presente inventário amplia o conhecimento sobre a herpetofauna do Cerrado, contribuindo para a elaboração de ações de conservação neste bioma.
Abstract: The Brazilian savanna is the second largest biome in Brazil and one of the most altered due to anthropic action. Nowadays, it is considered one of the 25 hotspots of biodiversity, whereas little information about its fauna is available in literature. This gap is even bigger when treating about amphibians and reptiles. These animals are less studied and are found in the Cerrado biome about 150 amphibians and 260 reptile species. With the objectives of contributing to the knowledge of the Brazilian savanna herpetofauna and to support conservation strategies for these groups, this paper characterizes the amphibian and reptile assemblies at National Forest (FLONA) of Silvânia. Some studies about herpetofauna local have been done, such as natural history and description of vocalizations of amphibians and diet and geographic distribution of some reptile species. The present study was done from July/2008 to June/2009, totalizing 21 field visits in 84 days of effective sampling. The sampling was performed by active search and pitfall traps with drift fences and, furthermore, information of literature was compiled. We found 65 species, of which 33 were amphibians (only anurans) and 32 were reptiles (Testudines and Squamata) species. Among the anurans species, four (Elachistocleis cf. cesarii, Odontophrynus salvatori, Physalaemus sp. (aff. albonotatus) and Scinax (aff. similis) were found for the first time at the FLONA of Silvânia. About the reptiles, this is the first characterization of the group in the area and we recorded one chelonian, 14 lizards and 17 snakes. This study increases the knowledge of the Brazilian savanna herpetofauna, being useful to the elaboration of conservation actions for this biome.
Palavras-chave: Anfíbios
Répteis
Assembleias
Goiás
Amphibians
Reptile
Community
País: Brasil
Instituição: Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: MORAIS, Alessandro Ribeiro; BASTOS, Rogerio Pereira; VIEIRA, Raisa; SIGNORELLI, Luciana. Herpetofauna da Floresta Nacional de Silvânia, um remanescente de Cerrado no Brasil Central. Neotropical Biology and Conservation, São Leopoldo, v. 7, n. 2, p. 114-121, maio/ago. 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.4013/nbc.2012.72.05
Identificador do documento: 10.4013/nbc.2012.72.05
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12121
Data de publicação: Ago-2012
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Alessandro Ribeiro Morais - 2012.pdf1,46 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons