Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12203
Tipo do documento: Artigo
Título: A internet como espaço de mobilização: a marca Use Huck e a apropriação da campanha “somos todos macacos
Título(s) alternativo(s): The internet as space for mobilization: the brand Use Huck and the appropriation of the campaign "we are all monkeys”
La internet cómo espacio de movilización: la marca Use Hucky la apropiación de la campaña "todos somos changos”
Autor: Mendonça, Rhayssa Fernandes
Mainieri, Tiago
Resumo: O artigo tem como objetivo pensar a internet como um espaço de mobilização que permite a difusão de movimentos para a promoção de causas sociais, assim como questionar quando seu uso deixa de lado a verdadeira essência dos movimentos contra-hegemônicos. Para isso, o artigo dialoga teoricamente com os autores Thompson (2002; 2008), Tufte (2008), Lévy (2000) e Castells (2004) e traz uma Análise de Conteúdo (BARDIN, 2010), sobre o lançamento de camisetas pela marca Use Huck, que fez uso da campanha contra o preconceito lançada na internet, denominada “Somos Todos Macacos”.
Abstract: This article has an objective, and is to make think how the internet is a space for mobilization that allows the diffusion of movements to promote social causes, but this use leaves out the really sense of movements against-hegemonic. So, this article start a dialog, theorically speaking, with the writers Thompson (2002; 2008), Tufte (2008), Lévy (2000) and Castells (2004) and provides an Content Analysis (BARDIN, 2010), about of launch of brand shirts Use Huck, who made use of the campaing against prejudice launched on the Internet called "We Are All Monkeys".
Este artículo tiene como objetivo pensar en la Internet como un espacio de movilización que permite la difusión de movimientos para promoción de causas sociales, mas que en su uso deja de lado la verdadera esencia de los movimientos contra-hegemónicos. Para eso, el artículo dialoga teóricamente con los autores Thompson (2002; 2008), Tufte (2008), Lévy (2000) y Castells (2004) y trae un Análisis de Contenido (BARDIN, 2010), sobre el lanzamiento de camisetas por la marca Use Huck, que hizo uso de la campaña contra el preconcepto lanzado en Internet, denominado "Todos Somos Changos".
Palavras-chave: Internet
Visibilidade
Movimentos contra-hegemônicos
Visibility
Movement against-hegemonic
Visibilidad
País: Brasil
Instituição: Claudomilson Fernandes Braga
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Citação: MENDONÇA, Rhayssa Fernandes; MAINIERI, Tiago. A internet como espaço de mobilização: a marca Use Huck e a apropriação da campanha “somos todos macacos”. Comunicação & Informação, Goiânia, v. 17, n. 2, p.187-201, jul./dez. 2014. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/32573/17623>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/32573
Identificador do documento: 10.5216/32573
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12203
Data de publicação: Dez-2014
Aparece nas coleções:FIC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Rhayssa Fernandes Mendonça - 2014.pdf448,97 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons