Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12463
Tipo do documento: TCC
Título: Influência de um programa de educação nutricional em diabetes no controle glicêmico e estado nutricional de adolescentes com Diabetes tipo 1
Título(s) alternativo(s): Influence of a nutritional education program on diabetes in the glycemic control and nutritional status of adolescents with type 1 Diabetes
Autor: Freitas, Ana Paula Dorta de
Jardim, Isadora de Sousa Veiga
Primeiro orientador: Marques, Rosana de Morais Borges
Primeiro membro da banca: Peixoto, Maria do Rosário Gondim
Horst, Maria Aderuza
Marques, Rosana de Morais Borges
Resumo: Avaliar se há influência de intervenções de educação nutricional em diabetes no controle glicêmico e estado nutricional em adolescentes com Diabetes Mellitus tipo 1 atendidos em um hospital escola de Goiânia-GO. Metodologia: Estudo longitudinal, realizado em adolescentes de ambos os sexos com Diabetes Mellitus tipo 1, no ano 2012 com duração de 9 meses. As Ações de educação nutricional foram desenvolvidas a cada trimestre na sala de espera por meio de atividades lúdicas, com os temas: “o que comer”, “quanto comer” e “quando comer”. Foram analisadas as seguintes variáveis: socioeconômica e demografica; antropométrica; consumo alimentar; prática de atividade física e controle glicêmico. Utilizou-se o teste qui-quadrado do tipo exato Fisher para testar a homogeneidade dos grupos em relação às proporções e o teste de Kruskal-Wallis, de dados não paramétricos para comparação das medianas variáveis contínuas. O nível de significância utilizados nestes testes foi de 5%.Resultados: Dos 47 adolescentes recrutados, apenas 10 completaram as quatro etapas da coleta de dados. As variáveis: hemoglobina glicada, glicemia de jejum, peso, estatura, Índice de Massa Corporal, Circunferência da cintura, coeficiente de atividade física, consumo de carboidratos, lipídios e proteínas, bem como valor calórico total e fibras totais não demonstraram diferenças estatísticas nas quatro etapas de intervenção nutricional. Os índices estatura por idade e índice de massa corporal por idade também não apresentaram diferenças significativas. Conclusão: O programa de educação nutricional em diabetes não interferiu em modificações no controle glicêmico, consumo alimentar e estado nutricional dos participantes, possivelmente porque não havia muitas inadequações em relação ao estado nutricional e consumo alimentar. Assim, as ações educativas exercem papel fundamental neste processo, pois exercem influência positiva no tratamento ou então minimizam as chances de piora, porém devem ser cíclicas e permanentes.
Abstract: To evaluate the influence of nutrition education interventions in diabetes on glycemic control and nutritional status in adolescents with Type 1 Diabetes Mellitus, attended at a school hospital in Goiânia-GO. Methodology: Longitudinal study performed in adolescents of both sexes with Diabetes Mellitus type 1, in the year 2012 with duration of 9 months. The nutritional education actions were developed each quarter in the waiting room through play activities, with the themes "what to eat", "how much to eat" and "when to eat". The following variables were analyzed: socioeconomic and demographic; Anthropometric; Food consumption; Practice of physical activity and glycemic control. The Fisher exact chi-square test was used to test the homogeneity of the groups in relation to proportions and the Kruskal-Wallis test, of non-parametric data for comparison of the medians continuous variables. The significance level used in these tests was 5%. Results: Of the 47 adolescents recruited, only 10 completed the four steps of data collection. The variables: glycated hemoglobin, fasting glycemia, weight, stature, body mass index, waist circumference, physical activity coefficient, carbohydrate intake, lipids and proteins, as well as total caloric value and total fibers did not show statistical differences in the four Stages of nutritional intervention. The indexes stature by age and body mass index by age also did not present significant differences. Conclusion: The nutritional education program in diabetes did not interfere with changes in glycemic control, dietary intake and nutritional status of the participants, possibly because there were not many inadequacies regarding nutritional status and dietary intake. Thus, educational actions play a fundamental role in this process, since they exert a positive influence on the treatment or they minimize the chances of worsening, but they must be cyclical and permanent.
Palavras-chave: Educação nutricional em diabetes
Adolescentes diabéticos
Consumo alimentar
Estado nutricional
Controle glicêmico
Type 1 diabetes mellitus
Diabetes education
Adolescentes
Food consumption
Nutritional status
Glycemic control
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Nutrição - FANUT (RG)
Nome do curso: Nutrição (RG)
Citação: FREITAS, Ana Paula Dorta de; JARDIM, Isadora de Sousa Veiga. Influência de um programa de educação nutricional em diabetes no controle glicêmico e estado nutricional de adolescentes com Diabetes tipo 1. 2017. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Nutrição, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: An error occurred getting the license - uri.
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12463
Data de publicação: 8-Jul-2017
Aparece nas coleções:FANUT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Nutrição - Ana Paula Dorta de Freitas - 2017.pdf989,18 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.