Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12464
Tipo do documento: TCC
Título: Perfil inflamatório de pacientes com Colite Ulcerativa em uso de cúrcuma longa
Título(s) alternativo(s): Inflammatory profile of patients with Ulcerative Colitis in use of curcumin
Autor: Santos, Ludimila Ribeiro dos
Santos, Luthiana da Paixão
Primeiro orientador: Nagib, Patrícia Resende Alo
Primeiro membro da banca: Nagib, Patrícia Resende Alo
Mortoza, Andréa Sugai
Crespo, Adriana de Moraes Costa
Resumo: Objetivo: Avaliar a ação da Cúrcuma longa nos marcadores inflamatórios de pacientes com Colite Ulcerativa. Metodologia: Trata-se de um ensaio clínico, tipo placebo-controlado, duplo cego, realizado no Hospital das Clínicas de Goiânia (HC/EBSERH/UFG), no período de 8 semanas, em doses exclusivas de mesalazina e ingestão de 3 cápsulas por dia de extrato seco de Cúrcuma longa. A amostra foi composta por 8 pacientes em fase ativa de Retocolite Ulcerativa, de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 18 anos. Verificou-se, pelo método de ELISA, a concentração plasmática das citocinas IL-10, IL-6 e TNF-α antes e após a suplementação com cúrcuma. O grupo intervenção (n=4) recebeu três cápsulas por dia, contendo 500mg extrato seco da Cúrcuma longa e o grupo controle (n=4), celulose microcristalina em mesma quantidade. Resultados: Apenas dois participantes reduziram as concentrações de TNF-α (pré: 57 pg/ml e pós: 30 pg/ml), (pré: 11pg/ml e pós; 9pg/ml) e dois apresentaram aumento dessa citocina (pré: 1 pg/ml e pós: 10pg/ml) e (pré: 8pg/ml e pós: 28 pg/ml). Em relação à IL-6 três pacientes apresentaram aumento dos níveis plasmáticos (pré: 0,104 pg/ml e pós: 0,108 pg/ml), (pré: 0,123 pg/ml e pós: 0,209 pg/ml) e (pré: 0,118 pg/ml e pós: 0,151 pg/ml) e um paciente teve uma redução importante (pré: 0,289 pg/ml e pós: 0,084 pg/ml). Em relação a IL-10 três pacientes apresentaram um leve aumento na concentração dessa citocina (pré: 0,108 pg/ml e pós: 0,109 pg/ml), (pré: 0,099 pg/ml e pós: 0,116 pg/ml) e (pré: 0,192 pg/ml e pós: 0,0,098 pg/ml), sendo que um participante apresentou uma redução expressiva dessa citocina (pré: 0,192 pg/ml e pós: 0,098 pg/ml). No entanto nenhum desses dados demonstraram significância estatística, provavelmente devido ao n° baixo de participantes e ao não controle das variáveis, como: dieta, estilo de vida, tempo de exposição à doença, genética e dose da mesalazina. Conclusão: Este estudo não comprovou que a Cúrcuma Longa é capaz de reduzir a inflamação de pacientes com Retocolite Ulcerativa, porém, novos estudos devem ser realizados analisando outras variáveis.
Abstract: Aim: To evaluate the possible effects of Curcuma longa on the inflammatory markers of patients with Ulcerative Colitis. Methodology: The work was double-blind, placebo-controlled, clinical trial conducted at the Hospital das Clinicas de Goiânia (HC/EBSERH/UFG) in a period of 8 weeks. The patients ingested 3 capsules per day of dried extract of curcuma. The sample consisted of 8 patients in the active phase of ulcerative colitis, of both sexes, aged 18 years or older. The cytokines IL-10, IL-6 and TNF-α plasmatic levels was verified by the ELISA method, before and after the curcuma treatment. The test group (n = 4) received 3 capsules per day, containing 500mg dry extract of Curcuma longa and the placebo group (n = 4), received cellulose in the same amount. Results: Only two participants reduced TNF-α levels (pre: 57 pg/ml and post: 30 pg/ml), (pre: 11pg/ml and post, 9 pg / ml) (pre:1 pg/ml and pos: 10 pg/ml) and (pre: 8 pg/ml and pos: 28 pg / ml). In relation to IL-6, three patients presented increased plasma levels (pre: 0.104 pg/ml and post: 0.108 pg/ml), (pre: 0.123 pg/ml and post: 0.209 pg/ml) and (pre: 0.118 pg/ml and post: 0.151 pg/ml) and one patient had a significant reduction (pre: 0.289 pg / ml and post: 0.084 pg / ml). In relation to IL-10, three patients presented a slight increase in the concentration of this cytokine (pre: 0.108 pg/ml and post: 0.109 pg/ml), (pre: 0.099 pg/ml and post: 0.116 pg/ml): 0.192 pg/ml and post: 0.0.098 pg/ml). One participant presented a significant reduction of this cytokine (pre: 0.192 pg/ml and post: 0.098 pg/ml). However, none of these data were statistically significant, probably due to the low number of participants and non-control variables, such as: diet, lifestyle, time of exposure to the disease, genetics and dose of mesalazine. Conclusion: This study did not prove that Curcuma longa is able to reduce the inflammation of patients with ulcerative colitis, however, new studies should be performed by analyzing other variables.
Palavras-chave: Colite ulcerativa
Cúrcuma longa
Inflamação
Ulcerative colitis
Curcumin and inflammation
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Nutrição - FANUT (RG)
Nome do curso: Nutrição (RG)
Citação: SANTOS, Ludimila Ribeiro dos; SANTOS, Luthiana da Paixão. Perfil inflamatório de pacientes com Colite ulcerativa em uso de cúrcuma longa. 2017. 34 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Nutrição, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: An error occurred getting the license - uri.
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12464
Data de publicação: 26-Jun-2017
Aparece nas coleções:FANUT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Nutrição - Ludimila Ribeiro dos Santos - 2017.pdf950,71 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.