Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12617
Tipo do documento: Artigo
Título: Disponibilidade de enxofre em solos brasileiros. VI. Avaliação conjunta das análises de solos e plantas em função da produção de matéria seca e absorção de enxofre pelo milho
Título(s) alternativo(s): Sulphur availability in brazilian soils. VI. Joint evaluation of dry matter yield and suplhur uptake as a function of soil and plant analyses
Autor: Kliemann, Huberto José
Malavolta, Eurípedes
Resumo: Conduziu-se um experimento em casa de vegetação em amostras superficiais de 12 solos provenientes dos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás (Brasil), com teores de carbono variando de entre 0,5 e 3,03%, de enxofre total entre 0,0104 e 0,0319% e de argila entre 8 e 60%. Os solos foram submetidos a dois cultives sucessivos com milho (Zea mays L.), com 3 doses de gesso (O, 20 e 40 ppm de S), previamente incubados na presença e ausência de calagem. Fizeram-se análises das amostras de solos antes e após o primeiro cultivo e da parte aérea das plantas dos dois cultives. Com as análises de solos e plantas, por meio de regressão múltipla, encontraram-se relações estreitas nos seguintes casos: solos arenosos: produção de matéria seca com o teor de S total e da relação N/S na parte aérea do milho e do S-S04 extraível por fosfato de cálcio; absorção de S pela planta com as mesmas variáveis e mais pH do solo; solos argilosos: produção de matéria seca com o S total e da razão N/S nas plantas e pH, Ca++, Mg++, H++Al+++ e carbono dos solos; absorção de enxofre com as razões N/S e P/S nas plantas, s-so; extraível por fosfato de cálcio, pH, ea++, Mg++, Ir +Ar" e carbono dos solos. Nos solos arenosos, a disponibilidade de enxofre é dependente apenas do enxofre extraível, não sendo afetada pela calagem; nos solos argilosos, é afetada pela calagem (pH e CTC) e teores de carbono. Independentemente da textura e do carbono dos solos, a produção de matéria seca e absorção de enxofre apresentam relação inversa com as razões N/S e P/S do tecido foliar do milho.
Abstract: A greenhouse experiment was carried out with surface samples from States of São Paulo, Minas Gerais and Goiás (Brazil). Caroon contents varied from 0.5 to 3.03 5, sulphurfrom 0.0104 to 0.0310% and clay from 8 to 60%. Com (Zea maysL.) was grown in two successives crops, with three rates of gypsum (O, 20 and 40 ppm S), previously incubated in absence and presence of lime. Soil analyses were made before and alter the first cropping. Plant material was analysed alter each harvest of the top. By using data from both soil and plant analyses multiple regression equations were calculated. Ciose relationships were found in the following cases: sandy soils: dry matter production as a function of total S e N/S ratio in the plants and extractable S-SO, in the soil; accumulation of S in the plants as related to the sarne variables and soil pH; clayey soils: dry matter as a function of total S and N/S ratio in plants and pH, ea-, Mg-, W+Al- and carbon in soils; accumulation of S in the plants as against their N/S an P/S ratios, and calei um phosphate extractable S-SO ,- , pH, W + AI- and carbon in the soils. ln sandy soils, sulphur availbility deppends only on extractable sulphur contents, being unaffected by !iming; em clayey soils, it is influenced by liming (pH and CEC) and carlxm contents. lndependently of texture and carbon content of the soils, dry matter yield and sulphur uptake show inverse relationships with com leaf tissue N/S and P/S ratios
Palavras-chave: Enxofre
Solo/planta
Regressão múltipla
Análise conjunta
Sulphur
Soil-plant
Multiple regression
Joint analysis
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: KLIEMANN, Huberto José; MALAVOLTA, Eurípedes. Disponibilidade de enxofre em solos brasileiros. VI. Avaliação conjunta das análises de solos e plantas em função da produção de matéria seca e absorção de enxofre pelo milho. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 24, n. 1, p. 36-48, jan./dez. 1994. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2648/2696>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12617
Data de publicação: Dez-1994
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Humberto José Kliemann - 1994.pdf394,54 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.