Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12622
Tipo do documento: Artigo
Título: Controle químico do thrips tabaci (Lind. 1888) na cultura do alho (allium sativum l.) em Goiás
Título(s) alternativo(s): Chemical control ofthe tripes thrips tabaci (Lind. 1888) in garlic plants (allium sativum l.)
Autor: Silva, Natan Fontoura da
Silva, Antônio Lopes da
Oliveira, Jaison Pereira de
Silva, Ronaldo Mota da
Falhares, Demétrio Martinez
Resumo: Para detenninar a eficiência dos inseticidas protiophós (tokuthion 500 CE) nas dosagens de 50 e 100 mi do produto comercial/100 litros de água (125 e 250g i.a/ha); betacyfluthrin (bulldock 125 SC) nas dosagens de 5,0 e 10,0ml/100 litros de água (3,125 e 6,25g i.a./ha), ° comparado com a deltarnetrina (decis 25 CE) na dosagem de 30ml/I 00 litros de água (3, 75g La.lha) no controle do T. tabaci na cultura do alho, instalou-se um experimento no campo da Escola de Agronomia/UFG, aplicandos-se os diversos produtos em pulverizações e gastando-se 500 litros de calda de inseticida por ha. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com 6 tratamentos em 4 repetições. As avaliações foram realizadas nos 3°, 7°, 14° e 21 º dias após a aplicação dos inseticidas. Pelos resultados obtidos conclui-se que bulldock foi eficiente na menor dosagem aplicada, com 92,2% de controle até aos 14 dias; tokuthion 500 CE, também na menor dosagem, apresentou eficiência de 97,6% de controle até aos 14 dias; o decis 25 CE controlou 90,4% da praga até 14 dias após aplicação.
Abstract: The Thrips tabaci (Lind. 1888) is know as an important pest of garlic plants in many regions in Brazil. ln arder to detennine the efficience of the Netacyfluthrin 125 SC and Protiophos 500 CE to control Thrips tabaci, a field experiment was carried out in Goiânia, State of Goiâs, Brazil. The treatments and dosage ofthe products per hectare were: Betacyfluthrin (3.125 and 6.25g a.i./ha); Protiophos (125.0 and 250.0g a.i.) confronted with Deltamethrin (3.75g a.i./ha.) and untreated check. Evaluations were made at 3, 7, 14 and 21 days after treatment applications, sampling 4 plants in each repetition and counting number of inphs of Thrips found per plant. The results showed that Betacyfluthrin was the best insecticide showing a control efficiency about 91%, at greater dosagem, until 21 days after treatment applications.
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: SILVA, Natan Fontoura da; SILVA, Antônio Lopes da; OLIVEIRA, Jaison Pereira de; SILVA, Ronaldo Mota da; FALHARES, Demétrio Martinez. Controle químico do thrips tabaci (Lind. 1888) na cultura do alho (allium sativum l.) em Goiás. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 23, n. 1, p. 13-18, jan./dez. 1993. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2625/2597>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12622
Data de publicação: Dez-1993
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Natan Fontoura da Silva - 1993.pdf145,1 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons