Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12624
Tipo do documento: Artigo
Título: Disponibilidade de enxofre em solos brasileiros. 1. Avaliação dos potenciais de mineralização de nitrogênio e enxofre por incubação aberta
Título(s) alternativo(s): Sulphur availability in brazilian soils. I. Evaluation of nitrogen and sulphur mineralization potential by open incubation
Autor: Kliemann, Huberto José
Malavolta, Euripedes
Resumo: Conduziram-se cm laboratório dois experimentos de incubação aberta em colunas com 50 g de terra, na ausência e presença de calagem, usando solos provenientes dos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás, com teores de argila entre 8 e 60%, de carbono entre 0,5 e 3,0% e de enxofre entre 0,0104 e 0,0319 %. No primeiro experimento utilizaram-se os lixiviados para a determinação do nitrogênio mineral (NH/+N03·) e do enxofre mineral (S-S04-). No segundo experimento adicionou-se enxofre radioativo (15S, livre de carregador, na forma de H2 3􀀰04), com atividade inicial de 0,62 microCi.g·1 de solo no tempo "zero" de incubação, previamente à obtenção do primeiro extrato. Estimaram-se os potenciais de mineralização de nitrogênio e enxofre por equação hiperbólica. Os solos arenosos e de baixos teores de carbono possuem pequenos potenciais de mineralização de nitrogênio e enxofre nativos, sendo afetados de forma não significativa pela calagem. Os solos argilosos e com mais altos teores de carbono têm potenciais de mineralização mais elevados, com efeitos significativos da calagem. As meias ­vidas do nitrogênio e do enxofre foram modificadas pela calagem, não se verificando proporcionalidade nos índices de mineralização dos dois elementos. A mineralização do nitrogênio e do enxofre e o decaimento da atividade especifica do 35S estabilizou-se por volta da oitava semana de incubação, tanto na ausência quanto na presença de calagem.
Abstract: Two open incubation experiments in laboratory conditions were carried out, using columns containing 50 g of soils, from the States of São Paulo, Minas Gerais and Goiás (Brazil). The clay contents varied from 8.0 to 60.0%, total sulphur (S) from 0.0104 to 0.0319% and carbon from 0.50 to 3.03%. ln the first experiment the leachate was used for the determínatíon of mineral nitrogen (ammonium + nitrate) and mineral sulphur (sulphate). ln the second incubation trial carrier free H/5S04 (0.62 microCi.g1 soil) was applied at ''zero" time of incubation. Toe mineralization potentials of native N and S were estimated by using hyperbolic equations. Sandy soils low in C possess small mineralization potentials, being unaffected by liming. The reverse is true in the case of clayey soils with higher C content. The half life of both N and S was modified by liming. There was not, however, a proportionality factor between the mineralization rates of the elements. The mineralization of native N and S, as well the specific activity of the added 35S tended to level off in the 8th week of incubation, no effect of liming being evident.
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: KLIEMANN, Huberto José; MALAVOLTA, Eurípedes. Disponibilidade de enxofre em solos brasileiros. 1. Avaliação dos potenciais de mineralização de nitrogênio e enxofre por incubação aberta. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 23, n. 1, p. 129-144, jan./dez. 1993. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2637/2608>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12624
Data de publicação: Dez-1993
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Humberto José Kliemann - 1993.pdf446,82 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons