Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12625
Tipo do documento: Artigo
Título: Disponibilidade de enxofre em solos brasileiros. II. Resposta à adubação sulfatada na presença e ausência de calagem
Título(s) alternativo(s): Sulphur availability in braziliam soils. II. Response to sulphur fertilizing in presence ano ausence of liming
Autor: Kliemann, Huberto José
Malavolta, Euripedes
Resumo: Conduziu-se um experimento em casa de vegetação com amostras superficiais de 12 solos, provenientes dos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás (Brasil), com teores de carbono variando entre 0,5 e 3,03%, de enxofre total entre 0,0104 e 0,319% e de argila entre 8 e 60%. Os solos foram submetidos a dois cultivas sucessivos com milho (Zea mays L.), com os tratamentos: 12 solos, 3 doses de gesso (O, 20 e 40 ppm de S), previamente incubados na ausência e presença de calagem. A produção de matéria seca da parte aérea de milho não apresentou diferenças significativas em função dos cultivas. A absorção de enxofre, ao contrário, foi significativamente mais baixa no segundo, indicando esgotamento do enxofre nativo e aplicado aos solos. As quantidades de enxofre absorvidas no segundo cultivo foram sistematica­mente menores em todos os solos estudados. Os solos arenosos têm menores potenciais de fornecimento para as plantas, devido às reservas efetivamente baixas do nutriente. Os solos argilosos, principalmente os de vegetação de cerrados e com teores mais elevados de carbono, possuem potenciais maiores de produção de matéria seca e absorção de enxofre, desde que seja neutralizada a acidez. A ca1agem, a1ém de neutra1izar a acidez e fornecer cálcio e magnésio como nutrientes, mostrou interação positiva com a a adubação sulfatada, mas em compensação teve efeito sinérgico no esgotamento do enxofre nativo dos solos. As doses de enxofre que maximiz.aram a produção de matéria seca e absorção de enxofre variaram de 20 a 70 ppm de S dentro do universo de solos estudados.
Abstract: A greenhouse experiment was carried out with surface sarnples of 12 soils from States of São Paulo, Minas Gerais and Goiás (Brazil) were used. Carbon (C) content varied from 0.50 to 3.03%, sulphur from 0.0104 to 0.0319% and clay varied from 8 to 60%. Com (Zea mays L.) was grown in two successive croppings in presence of three rates of S (O, 20 and 40 ppm) applied as gypsum, previously incubated in presence and absence of lime. Dry matter production did not show significant difference due to the two croppings of thc soils; sulphur uptake, otherwise, was thoroughly lower in the second cropping, indicating the depletion of native and applied sulphur. Sandy soils have a lower supplying power of sulphur dueto its efTective small reserve. Clayey soils, moreover "cerrado" soils with higher carbon contents, possess greater croppings and sulphur uptake potentials, provided the soil acidity is neutralized. Liming, besides its role as soil acidity neutralizer and as calcium and magnesium supplier, showed positive interaction with sulphur and a synergistic cffect on the depletion of soils native sulphur. The rates of sulphur which maximized dry mattcr yield and sulphur absorption varied in the range of 20 to 70 ppm, being the highest requirements found in clayey soils with no liming.
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: KLIEMANN, Huberto José; MALAVOLTA, Eurípedes. Disponibilidade de enxofre em solos brasileiros. II. Resposta à adubação sulfatada na presença e ausência de calagem. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 23, n. 1, p. 145-164, jan./dez. 1993. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2638/2609>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 0100-218X
Identificador do documento: 0100-218X
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12625
Data de publicação: Dez-1993
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Humberto José Kliemann - 1993.pdf637,18 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons