Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12689
Tipo do documento: Artigo
Título: Ocorrência e índice de infestação de anastrepha spp. (dip., tephritidae) em pouteria gardneriana Radlk. e pouteria ramiflora (mart.) radlk. (sapotaceae), nos cerrados de Goiás
Título(s) alternativo(s): Occurence and Infestation indeces of anastrepha spp. (dip., tephritidae) in pollferia gardneriana Radlk and pouteria ramijlora (mart.) radlk. (Sapotaceae) in "cerrados" of the state of Goiás, Brazil
Autor: Veloso, Valquíria da Rocha Santos
Ferreira, Gislene Auxiliadora
Fernandes, Paulo Marçal
Daza, Nelson Augusto Canal
Zucchi, Roberto Antônio
Resumo: Dentre as frutiferas nativas dos cerrados goianos destacam-se as do gênero Pouteria, com ampla distnbuição nas regiões tropicais e subtropicais de todo o mundo, sendo a P. ramiflora (curriola) a mais comum. Pouteria gardneriana (guapeva) ocorre geralmente nos solos mais úmidos, sempre agrupada na faixa de separação cerrados­veredas. Dos 25 municípios do Estado de Goiás amostrados, em nove foi registrada a ocorrência dessas duas espécies de Pouteria, cujos frutos são bastante suscetiveis ao ataque de moscas-<las-frutas. Dos frutos de guapeva e curriola, emergiram adultos de Anastrepha (99,82%) e apenas alguns exemplares de Ceratitis capitala (0,18%). As espécies coletadas em P. gardneriana foram: Anastrepha bistrigata, A. fraterculus, A. /eptozona, A. serpentina, A. zenildae, A. zemyi e C. capitala .. De P. ramiflora foram obtidas: A. fraterculus, A. /eptozona, A. serpentina e A. zemyi. Dos pupários de Anastrepha emergiram exemplares de parasitóides pertencentes à família Braconidae (97,70%) e Eucoilidae (2,30%). As espécies Doryctobracon areolatus e Doryctobracon sp. (provavelmente espécie nova) são os parasitóides mais comuns nas áreas amostradas. O indice de infestação das moscas-das-frutas foi de 85,92 e 196,31 pupários/kg de fruto de P. gardneriana e de P. ramijlora, respectivamente, sendo consideradas como hospedeiras naturais principalmente para Anastrepha. P. gardneriana e P. ramiflora são registradas pela primeira vez como hospedeiros de moscas-das-frutas, sendo também a primeira constatação das espécies A. leptozona, A. serpentina,A. zenildae eA. zemyi ocorrendo no Estado de Goiás e, também, o primeiro registro da ocorrência de parasitóides deAnastrepha em P. gardneriana e P. ramiflora.
Abstract: The genus Pouteria is the most common natural frui! tree in Goiás (Brazil) savanna and it is spread over ali tropical and subtropical regions. Pouteria ramif/ora is the most common and P. gardneriana often occurs in wet soil, always gathered between "cerrado" and ''veredas" (another typical vegetation). Among 25 sampled towns, nine registered both Pouteria species, which fruits are very susceptible to the frui! flies. The majority of flies belonged to Anastrepha genus (99 .82%) and only some to Ceratitis capitala (0.18%). From P. gardneriana it was collected Anastrepha bistrigata, A . .fraterculus, A. Jeptozona, A. serpentina, A. zenildae A. zernyi and C. capitala. From P. ramiflora it was obtainedA . .fraterculus, A. leptozona, A. serpentina andA. zernyi. From larvae/puparia ofAnastrepha, parasitoids were reared belonging to fumily Braconidae (97.70"/o) and Eucoilidae (2.30%). Doryctobracon areo/atus and Doryctobracon sp. (probably new species) are the most common parasitoid species sampled. The fruitfly infestation indeces were 85.92 and 196.31 puparia/kg offruit in P.gardneriana and P. ramif/ora, respectively. So, these two Pouteria species may be considered natural frui! fly repositories in Goiás State (Brazil), mainly for Anastrepha. This is the first repor! of P. gardneriana and P. ramif/ora as host of fruit flies. It is also the first record of A. leptozona, A. serpentina, A. zenildae and A. zernyi in the state of Goiás as well as the first record of braconid parasitoids obtained from puparia of Anastrepha in P. gardeneriana and P. ramiflora.
Palavras-chave: Insecta
Moscas-das-frutas
Hospedeiros
Sapotaceae
Parasitói­des
Host plants
Fruit flies
Parasitoids
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: VELOSO, Valquíria da R. S.; FERREIRA, Gislene Auxiliadora; FERNANDES, Paulo Marçal; DAZA, Nelson Augusto Canal; ZUCCHI, Roberto A. Ocorrência e índice de infestação de anastrepha spp. (dip., tephritidae) em pouteria gardneriana radlk. e pouteria ramiflora (mart.) radlk. (sapotaceae), nos cerrados de Goiás. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 26, n. 2, p. 109-120, jul./dez. 1996. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2944/2991>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12689
Data de publicação: Dez-1996
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Valquíria da Rocha Santos Veloso - 1996.pdf413,6 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons