Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12727
Tipo do documento: Artigo
Título: Etiologia da mastite clínica bovina na bacia leiteira de Goiânia
Título(s) alternativo(s): Etiology on the bovine clinical mastitis in Goiânia
Autor: Moreira, Paulo Cesar
Silva, Luiz Antônio Franco da
Mesquita, Albenones José de
Resumo: Estima-se que a presença de mastite bovina em rebanhos produtores provoque perdas de produção entre 5 e 35%, o que eqüivale a 85 a 500 milhões de dólares ao ano. Com o objetivo de mapear os patógenos envolvidos nesse processo e evidenciar os microrganismos com maior freqüência foram examinadas amostras de leite de 231 vacas, em diferentes estágios de lactação, que apresentaram sinais de mastite clínica e eram pertencentes a 3 5 propriedades rurais da bacia leiteira de Goiânia. Todas as amostras tiveram crescimento bacteriano positivo. Os principais agentes isolados foram o Staphy/ococcus coagulasepositiva (32,90%), Streptococcus sp. (22,07%), Pseudomo­nas sp. (12,12%), Enterobacter sp. (10,38%), Corynebacterium sp. (8,65%), Escherichia co/i (8,22%), Bacillus sp. (8,22%), Proteus sp. (6,49%), Klebsiella sp. (4,32%) e Staphylococcus coagulase negativa (3,46%). O gênero Nocardia foi isolado em 0,86 % dos casos.
Abstract: There is an estimate that the mastitis in dairy herds causes production lasses between 5 and 35%, equivalent to 85 to 500 million dollars per year. 231 milk samples from 231 cows on different $!ages of lactation, with clinic mastitis, from 35 farms of Goiânia, were analyzed in arder to map the pathogens implicated in these process and to discover the microrganisms with major prevalence. Ali the samples had positive growth. Tbe principal agents were Staphylococcus coagulase positive (32,90%), Streptococcus sp. (22,07%), Pseudomonas sp. (12,12%), Enterobacter sp. (10,38%), Corynebacterium sp. (8,65%), Escherichia coli (8,22%), Bacil/us sp. (8,22%), Proteus sp. (6,49%), Klebsiella sp. (4,32%) and Staphylococcus coagulase negative (3,46%). Tbe Nocardia genus was isolated in 0,86% ofthe cases.
Palavras-chave: Mastite bovina
Etiologia
Microrganismos isolados
Bovine mastitis
Etiology
Microrganisms isolated
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: MOREIRA, Paulo Cesar; SILVA, Luiz Antônio Franco da; MESQUITA, Albenones José de. Etiologia da mastite clínica bovina na bacia leiteira de Goiânia. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 27, n. 2, p. 69-74, jul./dez. 1997. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2971/3017>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12727
Data de publicação: Dez-1997
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Paulo Cesar Moreira - 1997.pdf219,41 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons