Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12762
Tipo do documento: Artigo
Título: Efeito de métodos para superar a impermeabilidade do tegumento em sementes de coração de negro (Albizzia /lebbeck)
Título(s) alternativo(s): Effect of methods in order to overcome the tegment impermeability in seeds of Albizzia lelebeck
Autor: Garcia, José
Itamar, Manoel
Alves, Ozenilde
Nogueira, João Carlos Mohn
Resumo: O ensaio foi instalado na Estação Experimental de Plantas Nativas do Cerrado e Exóticas Cultivadas, da Universidade Federal de Goiás, situada em Porto Nacional, Estado do Tocantins. As sementes, objeto deste trabalho, foram colhidas em áivores matrizes situadas no Campus Avançado da Universidade, situado cm Porto Nacional. no mês de julho de 19%. Coletaram-se vagens secas, que foram trilhadas manualmen­te. Do lote de sementes assim obtido foram separadas amostras de sementes puras. que foram submetidas aos seguintes tratamentos: testemunha: água à temperatura ambiente por 48 horas: água a 100° C (sem dar continuidade ao aquecimento) por 24 horas: ácido sulfúrico (H,S04) P.A durante 6, 10, 14, 18 e 22 minutos, utilizando-se dois volumes do ácido para um volume de sementes. As sementes submetidas ao ácido sulfürico foram, posteriormente ao respectivo período de tratamento, lavadas em água corrente, revolvidas com haste de vidro durante I O minutos e secadas à sombra sobre papel. Posteriormente aos tratamentos. 4 repetições. de 25 sementes, foram semeadas em bandejas de polietileno, cujas células foram preenchidas com terra de subsolo (L V A) esterilizada em estufa a 180° C por 20 minutos. Durante 30 dias foram efetua­das contagens diárias das plântulas normais. Nesse período foram avaliadas as seguintes variáveis: velocidade de emergéncia, primeira contagem e emergência. O delineamento experimental empregado foi o inteiramente casualizado. com 4 repeti­ções. Considerando-se a análise estatística dos dados oriundos do ensaio. pôde-se concluir que, dentre os tratamentos testados. a imersão das sementes cm H2SO,, por 22 minutos, foi aquele que apresentou a maior e a mais rápida emergência de plântulas.
Abstract: Toe experiment was installed in Estação Experimental de Plantas Nativas do Cerrado e Exóticas Cultivadas, Universidade Federal de Goiás, situated in Porto Nacional, state ofTocantins. The seeds, object ofthis work, were caught from matrix trees placecl in the University Campus, placed in Porto Nacional, on July, 1996. From the group of seeds obtained in this way, samples of pure seeds were separated and subjected to these treatments: witness; water in air temperature during 48 hours; water at lOOºC (without giving continuity to the heating) for 24 hours; sulfuric acid (H2SO,) P.A. during 06, 10, 14, 18 and 22 minutes, using one part of acid for two parts of seeds. After the treatment with H,S04, seeds were washed with running water and revolved with glass spindle during 10 minutes and dried on paper on shadow. After these treatments, 04 replications of 25 seeds were sowed in polietilene trays, where the cells were filled with soil from the sub-earth, sterilized at 180 ºC for 20 minutes. During 30 days daily countings of the normal seedlings were effectuated. ln this period the following parameters were evaluated: growth speed, first count and emergence. Toe experimental delineatement used was entirely randomized, with 04 replications. Considering the statistic analysis from the data originated by the experiment, it was possible to conclude that from ali treatments tested, the immersion of the seeds in H S04for 22 minutes was the one that showed the greatest and the most rapid plant emergence.
Palavras-chave: Sementes
Impermeabilidade
Tegumento
Seeds
Ipermeability
Tegment
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: GARCIA, José; ITAMAR, Manoel; ALVES, Ozenilde; NOGUEIRA, João Carlos Mohn. Efeito de métodos para superar a impermeabilidade do tegumento em sementes de coração de negro (Albizzia /lebbeck). Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 27, n. 1, p. 57-63, jan./jun. 1997. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2953/2999>>
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12762
Data de publicação: Jun-1997
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - José Garcia - 1997 ok.pdf241 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons