Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12874
Tipo do documento: Artigo
Título: Comparação de métodos de descontaminação usados na fase inicial do estabelecimento em cultura in vitro de banana
Título(s) alternativo(s): Comparison among decontamination methods at initial phase of banana in vitro culture
Autor: Carneiro, Iraídes Fernandes
Zica, Lincoln Fonseca
Chaves, Lázaro José
Resumo: Quatro métodos de descontaminação de expiantes de ba­naneira (Musa AAB cv. Maçã) cultivados in vitro foram testa­dos utilizando-se, como fonte de expiantes, rizomas provenientes de bananais comercia.is. Expiantes de diferentes tamanhos obti­dos de brotações axilares foram submetidos a diferentes concen­trações e tempo em solução de NaOCI para descontaminação. Após redução para 8mm x 5mm x 5mm, os expiantes foram trans­feridos para meio MS modificado e mantidos em câmara escura durante dez dias e, em seguida, foram levados para câmara de crescimento à temperatura de 28ºC ± 2ºC e fotoperiodo de 16 horas. Os melhores resultados foram obtidos quando os tratamen­tos de descontaminação foram realizados em blocos de 40mm x 20mmx20mm ou40mm x 15mm x lSmm,com simples e dupla esterilizações, respectivamente, utilizando-se NaOCI 3,5% de clo­ro ativo. O aparecimento de fungos e bactérias foi mais acentua­do nos primeiros quinze dias, entretanto, em concentração baixa de NaOCI (] % ), a contaminação foi quase total nos primeiros três dias (96,67% ). Houve maior incidência de contaminação bacteriana do que fúngica.
Abstract: Four decontamination methods for in vitro culture of ba­nana (Musa AAB cv. Maçã) explants were compared. Commercial crop rhizomes were used as the explant source. Different sizes of explants obtained from ax:illary buds were submersed in different concentrations ofNaOCI for each different period oftime. A:fter being reduced to 8mm X 5mm x 5mm, explants were transfered to modified MS media, which were kept in the dark for 10 days, followed by growth chamber at28ºC ± 2ºC with l 6h \ight. Best results were obtained with 40mm x 20mm x 20mm or 40mm x 15mm x 15mm explants, immersed once or twice in 3,5% NaOCl. Higher contamination leveis were observed 15 days after the beginning of the experiment; at 1 % NaOCI, however, 96,67% contamination was observed after 3 days. Bacterial incidence was higher than fungai.
Palavras-chave: Banana cv. maçã
Cultura de tecidos
Es­terilização superficial
Musa AAB
Tissue culture
Superficial sterilization
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: CARNEIRO, Iraídes Fernandes; ZICA, Lincoln Fonseca; CHAVES, Lázaro José. Comparação de métodos de descontaminação usados na fase inicial do estabelecimento em cultura in vitro de banana. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 29, n. 2, p. 89-94, jul./dez. 1999. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2856/2906>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1517-6398
Identificador do documento: 1517-6398
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12874
Data de publicação: 1999
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Iraídes Fernandes Carneiro - 1999.pdf346,04 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons