Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12891
Tipo do documento: Artigo
Título: Quebra da dominância apical, por processos físicos, em cultivo in vitro de bananeira-maçã
Título(s) alternativo(s): Apical dominance brake by physical processes on banana in vitro culture
Autor: Carneiro, Iraídes Fernandes
Zica, Lincoln Fonseca
Chaves, Lázaro José
Resumo: Diversos processos fisicos para a quebra da dominância apical em expiantes iniciais de bananeira (Musa AAB cv. Maçã) foram avaliados. Os tratamentos constaram de: 1. expiantes subculturados inteiros; 2. expiantes divididos ao meio; 3. expiantes divididos em quatro partes; e 4. expiantes com três cortes superficiais (estrela), mantendo-se a base do rizoma intacta. O meio utilizado foi o MS suplementado com NaHl04 (170 mg L" '), adenina (40 mg L ·'), BAP (1,5 mg L·1) e Kin (3,5 mg L·'). Após 80 dias, os expiantes originados destes tratamentos foram subculturados para meio MS modificado, semelhante ao anterior, com exceção dos fitorreguladores que foram: BAP (2,3 mg L·1) e AIA (O, 18 mg L"1). Durante os primeiros oitenta dias de cultivo, observou-se um aumento linear do número de brotos para todos os tratamentos, embora maiores perdas por oxidação e/ou contaminação tenham ocorrido para os tratamentos em que houve a divisão do expiante inicial em duas e quatro partes. Não houve diferença entre os tratamentos, aos 80 dias, em relação à produção de brotos; entretanto, maior número foi obtido no sexto subcultivo (aos 164 dias) a partir de expiantes iniciais divididos ao meio. A taxa de multiplicação teve uma tendência de redução até o sexto subcultivo, para todos os tratamentos.
Abstract: Several physical processes were evaluated for apical dominance brake ofbanana (Musa AAB cv. Maçã) initial explants. The treatments were: 1. whole explant subculture; 2. explants divided in two; 3. explants divided in four parts; and 4. explants superficially cut thrce times(star), rhizome base maintained intact. MS media were supplemented v.ith NaHlO 4 170 mg L-1), adenine (40 mg L"'), BAP (1,5 mg L·') e Kin (3,5 mg L"'). After 80 days, explants originated from these treatments were subcultured in modified MS media, similar to the first, except for growth regulators BAP (2,3 mg L"') e AIA (0,18 mg L·'). Ali treatments produced a linear incresse on shoot number during the first 80 days, although tosses due to oxidation and/or contamination were higher when initial explants were divided in two and four parts. Shoot production at 80 days showed no significant differences among treatments, while after síx subcultures ( 164 days), explants divided in two parts produced more shoots. Ali treatments showed a decreasing tendency for multiplication rate.
Palavras-chave: Cultura de tecidos
Micropropagação
Musa AAB
Tissue culture
Micropropagation
País: Brasil
Instituição: Antônio Henrique Garcia
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: CARNEIRO, Iraídes Fernandes; ZICA, Lincoln Fonseca; CHAVES, Lázaro José. Quebra da dominância apical, por processos físicos, em cultivo in vitro de bananeira-maçã. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 29, n. 2, p. 51-57, jul./dez. 1999. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2849/2895>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12891
Data de publicação: Dez-1999
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Iraides Fernandes Carneiro - 1999.pdf365,02 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons