Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12987
Tipo do documento: Artigo
Título: Emergência e crescimento de cagaita (Eugenia dysenterica DC.) em função do tipo e do volume de substratos
Título(s) alternativo(s): Emergence and growth of cagaita (Eugenia dysenterica DC) as influenced by type and volume of rooting media
Autor: Souza, Eli Regina Barboza de
Carneiro, Iraídes Fernandes
Naves, Ronaldo Veloso
Borges, Jácomo Divino
Leandro, Wilson Mozena
Chaves, Lázaro José
Resumo: A produção de mudas de espécies frutíferas nativas é de grande interesse para o Estado de Goiás, principalmente visando à recomposição dos cerrados e à produção comercial dessas espécies. Com o objetivo de proporcionar melhor emergência e crescimento das plantas de cagaita (Eugenia dysenterica DC) foram testadas três capacidades volumétricas de substratos em tubetes (50 cm3, 120 cm3 e 228 cm3) e três tipos de substratos: solo + terriço de mata + vermiculita (1:1:2 em volume); solo + terriço de mata + vermiculita (1:1:2 em volume) + adubo químico (Termofosfato Yoorin – 1g/L de substrato) e composto orgânico industrial – Plantmax. O delineamento experimental adotado foi em blocos completos casualizados com parcelas subdivididas, utilizando-se oito repetições e 16 tubetes por subparcela. A composição solo + terriço de mata + vermiculita mostrou ser um substrato adequado para o crescimento das plantas de cagaita, e esta espécie apresentou boa resposta à adição de adubo químico. Para a produção de massa de matéria fresca e seca da parte aérea e do sistema radicular, este substrato superou os demais, embora as plantas, aos 160 dias, não tenham apresentado diâmetro do caule ideal para a realização da enxertia. Os tubetes com maiores capacidades volumétricas propiciaram maior crescimento às plantas.
Abstract: The production of transplants of native fruit trees is of great interest for the state of Goiás aiming at the commercial production of these species and the recomposition of the Cerrado (tropical savannas) vegetation. With special interest on high emergence rate and fast growth of Cagaita (Eugenia dysenterica DC) transplants, there were tested three volumes of substract in tube-like plastic containers with 50 cm3, 120 cm3 and 228 cm3, and three types of rooting media such as soil + forest humus + vermiculite (1:1:2), the same with 1 gram of Yoorin (thermophosphate) per liter, and industrial organic compound Plantmax. The experiment was arranged in randomized complete block design with eight replications and split plots with 16 containers each. The rooting medium soil + forest humus + vermiculite showed to be favorable for fresh and dry matter production of over ground parts and underground parts of the plants. A good response was also obtained with the fertilizer treatment. The best growth of plants was observed in the bigger containers. Nevertheless, 160 days after seeding the transplants had not reached the stem diameter sufficient for grafting.
Palavras-chave: Frutífera do cerrado
Myrtaceae
Propagação
Cerrado fruit tree
Propagation
País: Brasil
Instituição: João Batista Duarte
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: SOUZA, Eli Regina Barboza de; CARNEIRO, Iraídes Fernandes; NAVES, Ronaldo Veloso; BORGES, Jácomo Divino; LEANDRO, Wilson Mozena; CHAVES, Lázaro José. Emergência e crescimento de cagaita (Eugenia dysenterica DC.) em função do tipo e do volume de substratos. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 31, n. 2, p. 89-95, jul./dez. 2001. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2467>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12987
Data de publicação: Dez-2001
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Eli Regina Barboza de Souza - 20016.pdf39,69 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons