Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13055
Tipo do documento: Artigo
Título: Zoneamento e adaptação produtiva de genótipos de soja de ciclo médio de maturação para Goiás
Título(s) alternativo(s): Agro-ecological subdivision and productive adaptation of medium cycle soybean genotypes to Goiás state-Brazil
Autor: Pacheco, Roberto Miranda
Duarte, João Batista
Assunção, Maurício da Silva
Nunes Júnior, José
Chaves, Alexandre Augusto Pessoa
Resumo: Neste trabalho avaliou-se um germoplasma experimental de soja, no Estado de Goiás, visando identificar locais-chave para condução de programas de melhoramento e zonas agronômicas para recomendação de cultivares. Buscou-se também identificar genótipos de adaptação produtiva ampla e específica. Utilizaram-se dados de produtividade de grãos obtidos em ensaios finais de avaliação de linhagens, delineados em blocos casualizados. Foram testadas vinte e oito linhagens, em sete locais da região produtora de soja no Estado, na safra de 2000-2001. A análise estatística baseou-se no modelo de efeitos principais aditivos e interação multiplicativa (AMMI). Os locais divergiram quanto à interação genótipos x ambientes, permitindo identificar quatro zonas agronômicas: (Rio Verde e Anápolis 1), (Mineiros e Sena-dor Canedo 1), (Anápolis 2 e Senador Canedo 2) e Chapadão do Céu. O primeiro grupo, com menor contribuição para a interação, revelou-se apropriado às fases preliminares dos programas. Os locais Chapadão do Céu, Anápolis 2 e Senador Canedo 1 caracterizaram-se como os mais contrastantes quanto às interações com os genótipos avaliados. Houve carência de genótipos adaptados a essas condições, sobretudo a Chapadão do Céu, penúltimo colocado em produtividade, e a Senador Canedo 1, o local mais produtivo. Destacaram-se como de adaptação ampla, revelando pequena interação, os cultivares Pintado e Conquista e a linhagem BRAS97-72. Os genótipos apresentaram adaptação preferencial aos ambientes medianos. A linhagem GOBR96-004186, embora também expressasse essa tendência, revelou-se adaptada a Chapadão do Céu.
Abstract: In this paper, it was evaluated soybean germplasm test in the central Brazilian savannah, in Goiás State, aiming to identify key-locations to establish genetic improvement programs, as well as to establish agronomical zones (mega-environments) for culti-var recommendation. It was identified genetic material showing broad and specific adaptation using data from regional yield trials. Twenty-eight lines were evaluated at seven locations. The statistical analysis was based on the AMMI model (additive main effects and multiplicative interactions). Four agronomic zones were identified: (Rio Verde and Anápolis 1), (Mineiros and Senador Canedo 1), (Anápolis 2 and Senador Canedo 2) and Chapadão do Céu. The first group, with a lower contribution to the genotype by environment interaction, is appropriated for conducting the earlier phases of the programs. There was a lack of genotypes adapted to Chapadão do Céu, Anápolis 2 and Se-nador Canedo 1, the most contrasting locations, mainly to Chapadão do Céu, next-to-last in the productivity ranking, and Senador Canedo 1, the most productive environment. Regarding genotypes, Pintado, Conquista and BRAS97-72, with a small interaction, showed broad adaptation. Generally, the genotypes showed adaptation to median environments. The line GOBR96-004186, while also expressing this pattern, was the genotype most adapted to the Chapadão do Céu location.
Palavras-chave: Interação GE
Estratificação de ambientes
Análise AMMI
Zoneamento agronômico
Rede de ensaios
GE interaction
Environmental stratification
AMMI analysis
Agronomical zoning
Mega-environments
País: Brasil
Instituição: João Batista Duarte
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: PACHECO, Roberto Miranda; DUARTE, João Batista; ASSUNÇÃO, Maurício da Silva; NUNES JÚNIOR, José; CHAVES, Alexandre Augusto Pessoa. Zoneamento e adaptação produtiva de genótipos de soja de ciclo médio de maturação para Goiás. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 33, n. 1, p. 23-27, jan./jun. 2003. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2394>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13055
Data de publicação: Jun-2003
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Roberto Miranda Pacheco - 2003.pdf177,68 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons