Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13214
Tipo do documento: Artigo
Título: Precisão e controle de qualidade em experimentos de avaliação de cultivares
Título(s) alternativo(s): Precision and quality control in variety trials
Autor: Resende, Marcos Deon Vilela de
Duarte, João Batista
Resumo: O presente estudo teve como objetivo propor uma nova abordagem para a avaliação da qualidade dos ensaios de avaliação do valor de cultivo e uso (VCU) de cultivares, a qual considera, simultaneamente, três atributos: magnitude da variação residual, número de repetições e controle genético dos caracteres. Enfatizou também a necessidade do uso de métodos de estimação/predição de valores genotípicos que promovam shrinkage sobre a média fenotípica do cultivar; ou seja, que considerem um coeficiente de determinação genética, bem como a possível heterogeneidade de variâncias residuais entre as cultivares. Concluiu-se que, para atingir uma meta de acurácia de 90%, os valores do teste F de Snedecor associados aos efeitos de cultivares, na análise da variância, devem ser superiores a 5,0. O uso da estatística F é uma alternativa para também levar em consideração o nível de variabilidade genética dos caracteres. Assim, não é suficiente fixarse um número mínimo de repetições e um valor máximo para o coeficiente de variação experimental (CVe). Para caracteres de produção, em geral com baixo coeficiente de determinação genética, os números de repetições usualmente empregados (entre dois e quatro) não permitem atingir essa meta de acurácia seletiva, mesmo quando se perseguem valores de CVe inferiores a 10% e a experimentação é realizada em vários locais e anos. Para isso, recomendam-se ao menos seis repetições na avaliação desses caracteres. Demonstra-se, ainda, que os estimadores/preditores que promovem shrinkage sobre a média fenotípica garantem inferências mais realistas e precisas acerca das médias genotípicas das cultivares, devendo ser encorajados.
Abstract: This study had as objective to propose a new approach for quality evaluation of variety trials for determination of cropping and use values (VCU), which considers three attributes simultaneously: magnitude of the residual variation, replication number, and genetic control of the trait under selection. It was also emphasized the need for using shrinkage estimators/predictors of genotypic values instead of unshrunk phenotypic means of varieties, i.e., the procedures should consider the genetic coefficient of determination of the traits, as well as the eventual heterogeneity of residual variance within varieties. Targeting an accuracy of 90%, it was concluded that Snedecor F test values associated to treatment effects in the analysis of variance should be above 5.0. The magnitude of genotypic variability of the traits is also involved in the F statistics. This means that the approach of fixing minimum values for replication number and maximum values for residual variation coefficient (CVe) is not sufficient. For traits related to yield (with low genetic coefficient of determination) the normally used replication number, between two and four, does not permit to reach the targeted accuracy, even if residual variation coefficients below 10% are aimed, and the experimentation is conducted on several sites and years. For that target accuracy it is recommended the use of at least six replications. It was also shown that shrinkage estimators provide more precise and reliable inferences concerning genotypic means of the varieties, and their use is encouraged.
Palavras-chave: Acurácia
Estimador shrinkage
Heterogeneidade de variâncias
Estimador viciado
Coeficiente de variação
Accuracy
Shrinkage estimator
Variance heterogeneity
Biased estimator
variation coefficent
País: Brasil
Instituição: João Batista Duarte
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: RESENDE, Marcos Deon Vilela de; DUARTE, João Batista. Precisão e controle de qualidade em experimentos de avaliação de cultivares. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 37, n. 3, p. 194-177, jul./set. 2007. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/1867/1773>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13214
Data de publicação: Set-2007
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Marcos Deon Vilela de Resende - 2007.pdf77,26 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons