Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13241
Tipo do documento: Artigo
Título: Efeito do armazenamento e de fitohormônios na qualidade fisiológica de sementes de araticum (Annona crassiflora Mart.)
Título(s) alternativo(s): Effect of storage and plant hormones in germination of araticum seeds (Annona crassiflora Mart.)
Autor: Bernardes, Tatiely Gomes
Estrêla, Camila Tavares
Naves, Ronaldo Veloso
Rezende, Cláudia Fabiana Alves
Mesquita, Marcos Antônio Machado
Pires, Larissa Leandro
Resumo: As sementes de araticum (Annona crassiflora Mart.) apresentam germinação lenta e desuniforme, o que afeta negativamente a sua propagação. O experimento foi conduzido na Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Goiás, Goiânia-GO. Foram utilizadas sementes de araticum provenientes de árvores vegetando em estado natural, no nordeste de Goiás. Aleatoriamente, coletou-se um fruto maduro por árvore, de um total de cinqüenta plantas dispersas na região. Uma coleta foi realizada em março de 1999, cujas sementes foram armazenadas por 365 dias, sendo avaliadas após esta estocagem. Em março de 2000, foi realizada nova coleta em outras cinqüenta plantas, avaliando-se imediatamente as sementes recém-colhidas. Os tratamentos de superação de dormência foram: testemunha, água destilada, ácido giberélico à 1.000 ppm, citocinina à 1.000 ppm, GA3 + BAP à 500 ppm. A semeadura foi realizada em sacos de polietileno preto, contendo areia grossa lavada, terriço de mata e terra de subsolo (3:3:4). O armazenamento das sementes por um ano não proporcionou taxa adequada de germinação em nenhum dos tratamentos. O ácido giberélico à 1.000 ppm é eficiente na superação da dormência em sementes recém-colhidas. As sementes dessa espécie devem ser semeadas logo após a sua extração dos frutos.
Abstract: Araticum seeds (Annona crassiflora Mart.) have a slow and uneven pattern of germination, negatively affecting its propagation. The experiment was conducted from March/1999 through November/2001, at the Goiás State Federal University, Agronomy and Food Engineering School, using seeds coming from trees growing in natural environment in the Northeast region of Goiás State. At random, one ripe fruit per tree was collected from fifty trees scattered in the region. One collect took place in 1999 and seeds were stored for 365 days and then evaluated. Seeds from another fifty plants were collected in March 2000 and immediately evaluated. Dormancy break treatments were: control, distilled water, gebberellic acid (GA3) 1000 ppm, cytokinin (BAP) 1000 ppm, and GA3 + BAP 500 ppm. Seeds were sowed in black polyethylene bags with coarse washed sand, forest topsoil, and subsoil (3:3:4). One year of seed storage did not result in an adequate germination rate for any of the treatments. GA3 1000 ppm was efficient to break dormancy of recently collected seeds. Seeds of this species must be sown right after extraction from fruit.
Palavras-chave: Frutífera do cerrado
Germinação
Ácido giberélico
Citocinina
Cerrado fruit trees
Germination
Gebberellic acid
Cytokinin
País: Brasil
Instituição: João Batista Duarte
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: BERNARDES, Tatiely Gomes; ESTRÊLA, Camila Tavares; NAVES, Ronaldo Veloso; REZENDE, Cláudia Fabiana Alves; MESQUITA, Marcos Antônio Machado; PIRES, Larissa Leandro. Efeito do armazenamento e de fitohormônios na qualidade fisiológica de sementes de araticum (Annona crassiflora Mart.). Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 37, n. 3, p. 163-168, jul./set. 2007. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/1856/1762>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13241
Data de publicação: Set-2007
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Tatiely Gomes Bernardes - 2007.pdf36,12 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons