Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13248
Tipo do documento: Artigo
Título: Propagação sexuada de pequizeiro (Caryocar brasiliense Camb.): efeito da procedência de frutos e do ácido giberélico na emergência de plântulas
Título(s) alternativo(s): Sexual propagation of 'pequi' (Caryocar brasiliense Camb.): effect of fruits procedence and giberelic acid on the emergence of seedlings
Autor: Souza, Osvaldo Antunes de
Nascimento, Jorge Luiz do
Naves, Ronaldo Veloso
Borges, Jácomo Divino
Resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar a germinação e o índice de velocidade de emergência (IVE) em pequizeiro (Caryocar brasiliense Camb.), a partir de material de propagação sexual (putámens e sementes) provenientes de dois locais, Porangatu e Faina, no Estado de Goiás. Foram avaliados doze tratamentos (fatorial 2x6), sendo as duas procedências combinadas com seis formas de semeadura: putámens (mesocarpo interno e endocarpo) imersos em água; putámens sem polpa (mesocarpo interno) imersos em água; sementes (amêndoas) imersas em água; putámens imersos em solução de ácido giberélico 10%; putámens sem polpa imersos em solução de ácido giberélico; sementes imersas em solução de ácido giberélico. O delineamento experimental foi blocos ao acaso, com quatro repetições. O experimento foi conduzido em telado com 50% de sombreamento. Foram feitas observações a cada 48 horas, por período de 77 dias, contado a partir da semeadura. Não se observou variação significativa (p>0,05) entre as procedências dos frutos, tanto em germinação como em IVE. Putámens com ou sem polpa e tratados com ácido giberélico apresentaram índices de germinação satisfatórios, acima de 30%, e superiores (p<0,05) àqueles imersos em água. Já nas amêndoas, os tratamentos com imersão em ácido giberélico e água não diferiram (p>0,05) para esta característica. Ademais, não se detectou efeito significativo (p>0,05) dos tratamentos sobre o índice de velocidade de emergência das plântulas.
Abstract: This research had as objective to evaluate the germination and emergence speed index (ESI) of pequi (C. brasiliense Camb.) from sexual propagation material (putamens and seeds) from two sites, Porangatu and Faina, Goiás State, Brazil. Twelve treatments were evaluated (2x6 factorial), the two procedences being combined with six sowing methods: putamens (inner mesocarp and endocarp) immersed in water; putamen without pulp (inner mesocarp) immersed in water; seeds (almonds) immersed in water; putamens immersed in giberelic acid solution 10%; putamens without pulp immersed in giberelic acid solution; seeds (almonds) immersed in giberelic acid solution. The experimental design was randomized complete blocks with four replications. The experiment took place in a screen-house at 50% shading. The observations were taken every 48 hours for 77 days from seed planting. It was not observed significant variation (p>0.05) between fruit origin in germination and ESI. Putamens with or without pulp and treated with giberelic acid presented satisfactory germination indexes, above 30%, and superior (p<0.05) to those immersed in water. For almonds, the treatments with giberelic acid and water immersion did not differ (p>0.05) in this characteristic. Besides, significant (p>0.05) effect of the treatments was not detected on plantules ESI.
Palavras-chave: Piqui
GA3
Ácido giberélico
Amêndoa
Putámen
Frutífera nativa
Giberelic acid
Almond
Native species
País: Brasil
Instituição: João Batista Duarte
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: SOUZA, Osvaldo Antunes de; NASCIMENTO, Jorge Luiz do; NAVES, Ronaldo Veloso; Borges, Jácomo Divino. Propagação sexuada de pequizeiro (Caryocar brasiliense Camb.): efeito da procedência de frutos e do ácido giberélico na emergência de plântulas. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 37, n. 3, p. 131-136, jul./set. 2007. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/1851/1757>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13248
Data de publicação: Set-2007
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Osvaldo Antunes de Souza - 2007.pdf116,33 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons