Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13297
Tipo do documento: Artigo
Título: Trinidad século XIX: estratégias culturais entre indianos e afro-descendentes na festa muçulmana do Hosay
Autor: Araújo, Alexandre Martins de
Resumo: Este estudo discute o relacionamento entre as comunidades de Indianos e Afro-descendentes em Trinidad, durante o século dezenove. Essas duas populações coexistiram sob uma tensa atmosfera envolvendo todo o tipo de construção de estereótipos, políticas de dispersão e guerras de interesses por parte de jornais locais em defesa de cada grupo envolvido. Assim, surge a seguinte questão: como foi possível, para os dois grupos trabalharem juntos, quer dizer, no mesmo espaço das Plantations sem sérios conflitos? Uma provável resposta a esta questão é encontrada na percepção da existência de espaços culturais de negociação, construídos por meio de circunstâncias de “estágios liminares”, dentro de “jornadas”, nas quais pessoas de diferentes culturas podem, temporariamente, perceber um ao outro despojados de status social. Em face dessa situação de impacto, tais populações lançaram mão de uma série de recursos simbólicos de suas culturas a fim de obter autonomia necessária em termos de construírem seus espaços festivo-religiosos e, consequentemente, subverter a ordem discursiva da elite.
Abstract: This study is on the relationship between Indian and African Descendant Community in Trinidad during the nineteenth century. Theses two populations coexisted under the tense atmosphere involving all kinds of stereotypes, dispersion policies and interest wars from local gazettes playing in defense of each involved group. Thus arises the following question: how was it possible for the two groups to work together, that is, in the same space of plantation, without serious conflicts? A probable response to this question is found on perception of existence of cultural negotiation spaces, built up by circumstance of “liminal stage”, into the “journeys”, in which people from different cultures can temporally seeing each other without social status. In face this situation of impact, such populations played a series of symbolical resources from your cultures for to obtain necessary autonomy in terms of building your festive- religious spaces and hence to subvert the discursive order of the elite.
Palavras-chave: Imigração
Afro-descendentes
Negociação cultural
Indianos
Trinidad
Immigration
Cultural negotiation
African descendants
Trinidad
Indians
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de História - FH (RG)
Citação: ARAÚJO, Alexandre Martins de. Trinidad século XIX: estratégias culturais entre indianos e afro-descendentes na festa muçulmana do Hosay. Revista Mosaico, Goiânia, v. 1, n. 2, p. 232-244, jul./dez. 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13297
Data de publicação: Dez-2008
Aparece nas coleções:FH - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Alexandre Martins de Araújo - 2008.pdf143,79 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons