Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13333
Tipo do documento: Artigo
Título: Rendimento industrial e composição química de milho de alta qualidade protéica em relação a híbridos comerciais
Título(s) alternativo(s): Industrial yield and chemical composition of high quality protein maize as compared to commercial hybrids
Autor: Castro, Maiza Vieira Leão de
Naves, Maria Margareth Veloso
Oliveira, Jaison Pereira de
Froes, Luciana de Oliveira
Resumo: A dureza do endosperma do milho é atributo essencial para produtores e indústrias que utilizam este cereal como matéria-prima. Porém, os milhos de alta qualidade protéica (Quality Protein Maize – QPM) apresentam alterações na textura do grão, dificultando seu uso comercial. Este trabalho avaliou o rendimento industrial na degerminação do grão e fracionamento do endosperma, e a composição química de uma variedade de milho QPM, em relação a híbridos comerciais de milho comum. O milho QPM e os híbridos de milho comum foram processados, utilizando-se método de degerminação a seco, e o rendimento resultante foi dado pela relação entre o peso das frações obtidas e o peso inicial do milho inteiro. O milho QPM apresentou, em comparação aos milhos híbridos comerciais, menor rendimento de endosperma, maior rendimento de gérmen e de frações finas (< 0,425 mm) e mesmo rendimento de canjica, no fracionamento do endosperma. Foram constatados teores similares de proteínas, lipídios e cinzas e maiores teores de fibra alimentar e de ferro no gérmen do milho QPM, em relação aos híbridos de milho comum. O milho QPM e suas frações apresentam potencial de uso na indústria de alimentos, como matéria-prima que agrega valor nutricional aos produtos gerados.
Abstract: The hardness of corn endosperm is an essential attribute for farmers and industries that use this cereal as a raw material. However, Quality Protein Maize (QPM) presents alterations in the grain texture, which hinder its commercial use. This study evaluated the industrial yield in the kernel degerming and endosperm fractionation, and chemical composition of a QPM variety, regarding commercial common corn hybrids. QPM and common corn genotypes were processed using the dry degerming method, and the resulting yield was expressed as the ratio of the weight of fractions obtained to the initial weight of the whole corn. Compared to commercial corn hybrids, QPM presented lower endosperm yield, higher germ and fine fraction (< 0.425 mm) yield and the same hominy yield in endosperm fractionation. QPM showed similar protein, lipid, and ash levels and higher levels of dietary fiber and iron in the germ, when compared to common corn hybrids. QPM and its fractions have potential as a nutritious raw material for use by the food industry.
Palavras-chave: Milho QPM
Gérmen de milho
Rendimento de milho degerminado
Composição química do milho
Nutrientes do milho
QPM corn
Corn germ
Degermed corn yield
Corn chemical composition
Corn nutrients
País: Brasil
Instituição: João Gaspar Farias
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: CASTRO, Maiza Vieira Leão de; NAVES, Maria Margareth Veloso; OLIVEIRA, Jaison Pereira de; FROES, Luciana de Oliveira. Rendimento industrial e composição química de milho de alta qualidade protéica em relação a híbridos comerciais. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 39, n. 3, p. 233-242, jul./set. 2009. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/4159/5341>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13333
Data de publicação: Set-2009
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maiza Vieira Leão de Castro - 2009.pdf288,77 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons