Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13357
Tipo do documento: Artigo
Título: Decomposição da biomassa e liberação de nutrientes dos capins braquiária e mombaça, em condições de cerrado
Título(s) alternativo(s): Biomass decomposition and nutrient release of brachiaria and guinea grass under brazilian savannah conditions
Autor: Bernardes, Tatiely Gomes
Silveira, Pedro Marques da
Mesquita, Marcos Antônio Machado
Aguiar, Renata Alves de
Mesquita, Glaucia Machado
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o acúmulo e a liberação de macronutrientes da biomassa seca, da braquiária (Brachiaria brizantha) e do capim mombaça (Panicum maximum), utilizados como cobertura de solo, no sistema plantio direto, em condições da região do Cerrado. O experimento foi conduzido na Embrapa Arroz e Feijão (Fazenda Capivara), em Santo Antônio de Goiás, GO, em Latossolo Vermelho distrófico. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições, em esquema de parcelas subdivididas no tempo. Na fase de florescimento, as plantas foram cortadas e mantidas sobre o solo, sendo avaliados a produtividade da biomassa seca, acúmulo de nutrientes e a decomposição e liberação destes, no período de 0, 15, 30, 45, 60 e 75 dias. O capim braquiária apresentou produtividade de biomassa de 16.643 kg ha-1 e o mombaça de 18.244 kg ha-1. O N foi o nutriente de maior acúmulo nas duas plantas de cobertura. Dentre os macronutrientes analisados, o K apresentou a maior taxa de liberação (70% e 59%, respectivamente, para o mombaça e braquiária).
Abstract: The objective of this research was to evaluate the accumulation and release of nutrients from the dry biomass of brachiaria (Brachiaria brizantha) and guinea grass (Panicum maximum) used as cover crops in a no-tillage system, under Brazilian savannah conditions. The experiment was carried out at Embrapa Arroz e Feijão (Fazenda Capivara), in Santo Antônio de Goiás, Goiás State, Brazil, in a dystrophic Red Oxisol. A randomized block design, with four repetitions, in a split plot scheme in time, was adopted. At the flowering stage, plants were cut and kept on the soil, and the productivity of dry biomass, and nutrient accumulation, decomposition and liberation were evaluated at 0, 15, 30, 45, 60, and 75 days. The biomass yield was 16,643 kg ha-1, for brachiaria, and 18,244 kg ha-1, for guinea grass. For both cover crops, N was the most accumulated nutrient. Among the macronutrients, K showed the highest release rate (70% and 59%, respectively for guinea grass and brachiaria).
Palavras-chave: Brachiaria brizantha
Panicum maximum
Taxa de decomposição
Acumulação de macronutriente
Semeadura direta
Decomposition rate
Macronutrients accumulation
No-tillage system
País: Brasil
Instituição: Alexsander Seleguini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: BERNARDES, Tatiely Gomes; SILVEIRA, Pedro Marques da; MESQUITA, Marcos Antônio Machado; AGUIAR, Renata Alves de; MESQUITA, Glaucia Machado. Decomposição da biomassa e liberação de nutrientes dos capins braquiária e mombaça, em condições de cerrado. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 3, p. 370-377, jul./set. 2010. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/5584/7980>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13357
Data de publicação: Set-2010
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Tatiely Gomes Bernardes - 2010.pdf1,48 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons