Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13364
Tipo do documento: Artigo
Título: Estudo da divergência genotípica entre populações de girassol
Título(s) alternativo(s): Genotypic divergence among sunflower populations
Autor: Camarano, Luciene Fróes
Chaves, Lázaro José
Brasil, Edward Madureira
Borges, Elaine
Resumo: O objetivo deste estudo foi estimar a divergência genotípica entre dez populações de girassol, usando a estatística D2 de Mahalanobis e variáveis canônicas para indicar grupos mais semelhantes e/ou divergentes e, assim, direcionar os cruzamentos nos programas de melhoramento. Foram conduzidos quatro experimentos, em duas épocas (junho/julho e fevereiro), em Goiânia e Goianésia, Estado de Goiás, nos anos de 1995 e 1996. Em todos os experimentos, utilizou-se o delineamento em blocos completos casualizados, com dez tratamentos e quatro repetições. Pelos resultados das análises de variância, verificou-se que existe grande variabilidade genotípica entre as populações, para todos os caracteres avaliados. Já pelas análises de divergência genotípica, dendrogramas e gráficos fornecidos pelos escores das variáveis canônicas, evidenciou-se que, nos quatro experimentos, as populações se agrupam de forma semelhante e de acordo com suas regiões de origem, na maioria dos casos. Ao se compararem os dois métodos, pode-se concluir que ambos conduzem a resultados semelhantes de agrupamento.
Abstract: Genotypic divergence, among ten sunflower populations, was investigated, using the Mahalanobis’ D2 statistic analysis and canonic variables to identify more similar and/or divergent groups, and, thus, better direct crossings in breeding programs. Four experiments were carried out in two seasons (June/July and February), in two localities (Goiânia and Goianésia, Goiás State, Brazil), in 1995 and 1996. A randomized complete block design was used, with ten treatments and four replications. Variance analysis showed great genotypic variability among the four populations, for all traits assessed. The genotypic divergence analysis, dendrograms based on Mahalanobis’ distance, and graphs supplied by the canonic variable scores showed that the populations grouped similarly and according to their regions of origin, for most cases. When the two genotypic divergence estimation methods were compared, it was concluded that both led to similar clustering results.
Palavras-chave: Helianthus annuus L.
Agrupamentos
Métodos de estimativa da divergência genotípica
Mahalanobis
Clusters
Methods of genotypic divergence estimation
País: Brasil
Instituição: Alexsander Seleguini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: CAMARANO, Luciene Fróes; CHAVES, Lázaro José; BRASIL, Edward Madureira; BORGES, Elaine. Estudo da divergência genotípica entre populações de girassol. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 1, p. 36-44, jan./mar. 2010. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/3815>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13364
Data de publicação: Mar-2010
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Luciene Fróes Camarano - 2010.pdf361,9 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons