Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13485
Tipo do documento: TCC
Título: Consumo alimentar de adultos com síndrome do obeso eutrófico: relações com o perfil lipídico sérico e com parâmetros antropométricos
Título(s) alternativo(s): Food consumption of adults with eutrophic obese syndrome: relationships with the serpical lipid profile and with anthropometric parameters
Autor: Costa, Erika Menezes Barbosa
Damas, Gleicy Kelle Alves
Primeiro orientador: Cominetti, Cristiane
Primeiro membro da banca: Cominetti, Cristiane
Hadler, Maria Claret Costa Monteiro
Peixoto, Maria do Rosário Gondim
Resumo: Objetivo: Determinar o percentual de alterações no perfil lipídico e estimar o consumo alimentar habitual de indivíduos com a Síndrome do Obeso Eutrófico. Material e Métodos: estudo transversal com 117 adultos com Síndrome do Obeso Eutrófico. Foram aplicados questionários socioeconômico, de saúde e de estilo de vida; realizou-se avaliação antropométrica, do consumo alimentar e exames de perfil lipídico. Testes t de Student ou Mann-Whitney, bem como os testes de correlação de Pearson ou Spearman foram aplicados de acordo com a distribuição dos dados. Resultados: a amostra apresentou mediana de idade de 22,6 (21,4 – 24,9) anos, sendo 72,6 % de mulheres. A média de consumo de macronutrientes esteve de acordo com o preconizado, entretanto, com contribuição de gorduras saturadas um pouco superior ao recomendado. Dentre as mulheres, houve correlação negativa entre consumo de fibras e concentração de apolipoproteína B. Os percentuais de gordura corporal androide/ginóide correlacionaram-se positivamente às concentrações de lipoproteína de muito baixa densidade e triacilgliceróis. No grupo masculino, o consumo de lipídios correlacionou-se negativamente às concentrações de lipoproteína de alta densidade e apolipoproteína A1, e positivamente com os índices de Castelli I e II e razão apolipoproteína B/apolipoproteína A1. Os percentuais de gordura corporal androide/ginóide correlacionaram-se positivamente às concentrações de algumas lipoproteínas, triacilgliceróis, apolipoproteína B, razão apolipoproteína B/apolipoproteína A1 e Índices de Castelli I e II. Conclusões: foram encontradas correlações importantes entre consumo alimentar, perfil lipídico e composição corporal dos indivíduos com Síndrome do Obeso Eutrófico, de forma específica por sexo, o que sugere influência desses parâmetros sobre os fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.
Abstract: Objective: To determine the percentage of alterations in lipid profile andto estimate the usual food consumption of individuals with Normal-weight Obesity Syndrome. Methods: a cross-sectional study with 117 adults with Normal-weight Obesity Syndrome. Socioeconomic, health and lifestyle questionnaires were applied; anthropometric evaluation, food consumption and lipid profile tests were performed. Student’s t test or Mann-Whitney test, as well as Pearson or Spearman correlation tests were applied according to the data distribution. Results: the sample had median age of 22.6 (21.4 – 24.9) years, with72.6% of women. The macronutrients mean intake was in agreement with the recommended, however, with a contribution of saturated fats a little higher than the recommended. Among females, there was a negative correlation between fiber intake and apolipoprotein B levels. Percentages of android / gynoid body fat correlated positively with cholesterol in very low-density lipoprotein and triacylglycerol levels. In males, lipid intake was negatively correlated to the levels of cholesterol in high-density lipoprotein and apolipoprotein A1 and positively with Castelli I and II and apolipoprotein B / apolipoprotein A1 ratios. The android / gynoid body fat percentage correlated positively to the levelsof certain lipoproteins, triglycerides, apolipoprotein B, apolipoprotein B / apolipoprotein A1 ratio and Castelli I and IIindices. Conclusions: There were significant correlations between dietary intake, lipid profile and body composition of individuals with Normal-weight Obesity Syndrome, in a sex specific manner, which suggests the influence of these parameters on the risk factors for the development of cardiovascular diseases.
Palavras-chave: Doenças cardiovasculares
Avaliação nutricional
Composição corporal
Consumo alimentar
Cardiovascular diseases
Nutritional assessment
Body composition
Food consumption
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Nutrição - FANUT (RG)
Nome do curso: Nutrição (RG)
Citação: COSTA, Erika Menezes Barbosa; DAMAS, Gleicy Kelle Alves. Consumo alimentar de adultos com síndrome do obeso eutrófico: relações com o perfil lipídico sérico e com parâmetros antropométricos. 2017. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Nutrição, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13485
Data de publicação: 11-Dez-2017
Aparece nas coleções:FANUT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Nutrição - Erika Menezes Barbosa Costa - 2017.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons