Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13749
Tipo do documento: Artigo
Título: Seleção de acessos de tomateiro resistentes à murcha-de-verticílio
Título(s) alternativo(s): Selection of tomato accessions resistant to Verticilium wilt
Autor: Carrer Filho, Renato
Oliveira, Renata Maria
Dias, Vanessa Duarte
Rocha, Geisiane Alves
Dianese, Érico de Campos
Cunha, Marcos Gomes da
Resumo: Murchas vasculares em tomateiro constituem importante grupo de doenças causadas por patógenos habitantes do solo, com destaque para Verticillium dahliae, que ocasiona perdas significativas na produção. A dificuldade de controle dessa doença advém de características intrínsecas do patógeno, como alta adaptabilidade ao ambiente subterrâneo, em associação com o hospedeiro, e produção de estruturas de resistência que permanecem viáveis no solo por longo tempo. A introgressão de genes que expressam resistência destacase como principal medida de controle, o que requer um programa contínuo de caracterização de acessos resistentes. Objetivou-se avaliar e identificar acessos de tomateiro (Solanum lycopersicum) resistentes a V. dahliae, pelos métodos fenotípico e genotípico. A reação de 33 acessos de tomateiro a diferentes isolados de V. dahliae foi corroborada com análises empregando-se marcadores moleculares ligados aos genes de resistência Ve. A combinação de bioensaios e marcadores moleculares específicos mostrou elevada correlação (94,3 %), com a seleção de 25 acessos resistentes a V. dahliae.
Abstract: Vascular wilting in tomato plants is an important disease caused by soil-inhabiting pathogens, especially Verticillium dahliae, which results in significant production losses. Control measures against this disease are difficult to implement due to intrinsic pathogen characteristics, such as high adaptability to the subterranean environment, in association with the host, and development of resistance structures that remain viable in the soil for long periods. The introgression of genes that express resistance is the main control measure and requires a continuous characterization program of resistant accessions. This study aimed at identifying tomato (Solanum lycopersicum) accessions resistant to V. dahlia, by using the phenotypic and genotypic methods. The reaction of 33 tomato accessions to different V. dahliae isolates was reinforced by molecular analysis, through markers linked to Ve resistance genes. The combination of bioassays and specific molecular markers showed a high correlation (94.3 %), with the selection of 25 accessions resistant to V. dahliae.
Palavras-chave: Verticillium dahliae
Solanum lycopersicum
Marcadores genéticos
Resistência a doenças
Genetic markers
Disease resistance
País: Brasil
Instituição: Evandro Novaes
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: CARRER FILHO, Renato; OLIVEIRA, Renata Maria; DIAS, Vanessa Duarte; ROCHA, Geisiane Alves; DIANESE, Érico de Campos; CUNHA, Marcos Gomes da. Seleção de acessos de tomateiro resistentes à murcha-de-verticílio. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 46, n. 4, p. 429-433, oct./nov. 2016. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/43106/22293>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: e- 1983-4063
Identificador do documento: e- 1983-4063
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13749
Data de publicação: Dez-2016
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Renato Carrer Filho - 2016.pdf520,42 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons