Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13768
Tipo do documento: Artigo
Título: Distribuição espacial do sistema radicular de plantas de pinhão manso
Título(s) alternativo(s): Spatial root distribution of the nut plants
Autor: Alves Júnior, José
Araújo, Fausto Jaime Miranda
Evangelista, Adão Wagner Pego
Casaroli, Derblai
Vellame, Lucas Melo
Resumo: O governo brasileiro tem incentivado a produção de biodisel no país, por meio da sua mistura no diesel. Assim, para evitar competição com o óleo da industria de alimentos, novas espécies oleaginosas tem sido investigadas como fontes alternativas para produção de óleo. Dentre estas, o pinhão manso (Jatropha curcas L.) apresenta um grande potencial de produção, principalmente pela agricultura familiar, porém, são raras as informações técnicas a cerca do seu cultivo, incluindo-se a distribuição do sistema radicular desta espécie, tendo em vista que as características das raízes são de suma importância para uma adequada condução das plantas em campo, sobretudo, em termos de manejo da irrigação e adubação. O presente estudo teve como objetivo avaliar a distribuição do sistema radicular de plantas de pinhão manso nas condições edafoclimáticas do Cerrado. Utilizaram-se três plantas de 17 meses de idade e outras três de 36 meses de idade, cultivadas em Goiânia-GO e Porangatu-GO, respectivamente. Em ambos os experimentos as plantas foram espaçadas em 3x2m, e o solo de cultivo foi um Latossolo Vermelho Distroférrico. Para as avaliações foram amostrados volumes de solo, pelo método do monólito, em cinco profundidades: 0,0-0,30; 0,30-0,60; 0,60-0,90; 0,90-1,20 e 1,2-1,5 m; e, também, à cinco distâncias do tronco: 0,0-0,25; 0,25-0,50; 0,50-0,75; 0,75-1,0 e 1,0-1,25 m. Os resultados mostraram que 80% das raízes encontram-se à uma profundidade de 0,60 m e 0,75 m de distância do tronco, em plantas jovens; e até 1,0 m de profundidade e 1,0 m em distância do tronco nas plantas adultas.
Abstract: Brazilian government has supported the production of biodiesel in the country, through of its blend with diesel. So, for that there is no competition with the oil industry of food, oilseeds new species has been investigated as alternative sources for oil production. Among these, nut plant (Jatropha curcas L.) has great potential production, mainly by family farmers. However, are rare technical information about this crop, including the root system distribution. Roots characteristics are of high importance to work with plants in the field, especially to irrigation and fertilization management. So, aimed to evaluate the distribution of the root system of nut plants in soil and climatic conditions of the Brazilian Savanna "Cerrado". Three plants were used in 17-month-old plants and three with 36-month old, cultivated in Goiânia-GO and Porangatu-GO, respectively. In both experiments the plants were spaced 3 x 2 m, and soil cultivation was a Hapludox. For the evaluations were sampled volumes of soil by monolith method, at five depths: 0.0 to 0.30, 0.30 to 0.60, 0.60 to 0.90, 0.90 to 1.20 and 1.2 to 1.5 m, and also the five distances from the stem: 0.0 to 0.25, 0.25 to 0.50, 0.50 to 0.75, 0.75 to 1.0 and 1.0 to 1.25 m. The results showed that 80% of the roots are at 0.60 m of depth and at 0.75 m horizontal distance from the trunk in young plants, and 1.0 m depth and 1.0 m horizontal distance in adult plants.
Palavras-chave: Bicombustível
Rizosfera
Jatropha curcas L.
Biofuel
Rhizosphere
Jatropha curcas L.
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e de Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: ALVES JR., José; ARAÚJO, Fausto Jaime Miranda; EVANGELISTA, Adão Wagner Pêgo; CASAROLI, Derblai; VELLAME, Lucas Melo. Distribuição espacial do sistema radicular de plantas de pinhão manso. Revista Agrotecnologia, Anápolis, v. 5, n. 1, p. 50-61, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13768
Data de publicação: 2014
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - José Alves Júnior - 2014.pdf298,39 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons