Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13845
Tipo do documento: Artigo
Título: Das políticas contraditórias de flexibilização e de centralização: reflexões sobre a história e as políticas da educação infantil em Goiás
Autor: Barbosa, Ivone Garcia
Resumo: O artigo apresenta um conjunto de reflexões teórico-metodológicas sobre a educação infantil no estado de Goiás, destacando um conjunto de informações e dados significativos no estado e, em especial, no município de Goiânia. Os dados apresentados, constituídos a partir de uma perspectiva dialética (Marx, 1983), tiveram como referência vários estudos e investigações desenvolvidos nos últimos sete anos. Várias produções marcaram a trajetória do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre a Infância e sua Educação, da FE/UFG (Gepied), articulando-se ao projeto de pesquisa “Políticas públicas e educação da infância em Goiás: história, concepções, projetos e práticas”. Os resultados das investigações e reflexões permitem discutir a constituição do campo específico da educação infantil e das políticas a ela relacionadas no estado e em níveis nacional e internacional, traduzindo-se suas diversas contradições. Observa-se que a reestruturação produtiva, o fortalecimento do neoliberalismo e as políticas de descentralização de recursos e centralização de poder no estado gera um paradoxo: a educação infantil é vista como forma de efetivação de uma política voltada para o desenvolvimento político-social, mas, ao mesmo tempo, é classificada como problema, havendo um movimento crescente de privatização e filantropização do público no caso da educação infantil.
Abstract: This article presents a set of theoretical and methodological reflections on children’s education in Goiás, and focuses on a set of significant information and data from the State and from the municipality of Goiânia, in particular. The data, drawn up from a dialectic perspective (Marx, 1983) herein presented, are based on studies and analyses undertaken over the last seven years. Different studies have been milestones along the path of the Group for Study and Research into Childhood and its Education, of the FE/UFG within the Research Project “Public Policies and Children’s Education in Goiás: history, concepts, projects and practice”. The results of the analyses and reflections allow for a discussion of the specific field of Children’s Education and related policies within the State and also at national and international levels, leading to various contradictions. It can be seen that productive restructuring, growth of neo-liberalism and policies for the decentralization of resources and the centralization of power within the State create a paradox. Children’s Education is seen as a means of promoting policies for political and social development, but at the same time, is classified as a problem. There is a growing movement towards the privatization and philanthropism of what is public in the case of Children’s Education.
Palavras-chave: Educação infantil
Neoliberalismo
Políticas públicas
Children’s education
Neo-liberalism
Public policies
País: Brasil
Instituição: José Paulo Pietrafesa
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação - FE (RG)
Citação: BARBOSA, Ivone Garcia. Das políticas contraditórias de flexibilização e de centralização: reflexões sobre a história e as políticas da educação infantil em Goiás. Intera-Ação, Goiânia, v. 33, n.2, p. 379-393, jul./dez. 2008. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/5273/4690>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ia.v33i2.5273
Identificador do documento: 10.5216/ia.v33i2.5273
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13845
Data de publicação: Dez-2008
Aparece nas coleções:FE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ivone Garcia Barbosa - 2008.pdf310,86 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons