Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13906
Tipo do documento: Artigo
Título: Superação de dormência em sementes de buriti por meio da escarificação mecânica e embebição
Título(s) alternativo(s): Dormancy breaking in Mauritia flexuosa seeds by using mechanical scarification and soaking
Autor: Seleguini, Alexsander
Camilo, Yanuzi Mara Vargas
Souza, Eli Regina Barboza de
Martins, Maria Lúcia
Belo, Ana Paula Márquez
Fernandes, Anderson Leite
Resumo: A maioria das espécies de Arecaceae apresenta dificuldades para germinar, mesmo sob condições adequadas, dificultando a produção de mudas. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a influência da escarificação e embebição de sementes na emergência e desenvolvimento de mudas de buritizeiro. Os tratamentos foram compostos pela combinação de métodos de embebição e escarificação de sementes, adotando-se o delineamento inteiramente casualizado, no esquema fatorial 2 x 3 + 1, com cinco repetições. Foram testadas sementes com e sem escarificação, combinadas com métodos de embebição (sementes não embebidas e sementes embebidas por 30 dias, com e sem renovação diária de água), além de um tratamento adicional, onde as sementes foram escarificadas após a embebição por 30 dias. Foi avaliada a emergência de plântulas aos 46, 66, 86, 106, 126 e 146 dias após a semeadura (DAS), bem como o índice de velocidade de emergência (46 e 146 DAS) e os componentes de crescimento (146 DAS). Os resultados foram submetidos à análise de variância (Teste F) e as médias comparadas pelo teste Tukey, a 5%. Concluiu-se que as sementes de buriti apresentam dormência tegumentar. A escarificação de sementes aumenta a velocidade de emergência, entretanto, contribui para o aumento na taxa de mortalidade das sementes. A embebição de sementes não escarificadas por 30 dias, com renovação diária de água, melhora o potencial germinativo das sementes. A escarificação mecânica, sem ou após a embebição das sementes em água, aumenta a mortalidade de plântulas de buritizeiro, não sendo, portanto, um método adequado para a superação de dormência.
Abstract: The majority of Arecaceae species presents difficulties to germinate, even under appropriate conditions, complicating the seedlings production process. This study aimed at evaluating the influence of seed scarification and soaking in the emergence and development of Mauritia flexuosa seedlings. The treatments consisted of a combination of seed soaking and scarification methods, in a completely randomized design, in a 2 x 3 + 1 factorial scheme, with five replications. Seeds with and without scarification, combined with soaking methods (not soaked seeds and seeds soaked for 30 days, with and without daily water renewal), plus an additional treatment, where the seeds were scarified after soaking for 30 days, were tested. The seedling emergence up to 146 days after sowing (d.a.s.) was evaluated, as well as the emergence rate index (46 and 146 d.a.s.) and growth components (146 d.a.s.). The results were submitted to the variance analysis (F test) and means compared by using the Tukey test, at 5%. It was possible to conclude that the Mauritia flexuosa seeds presented tegument dormancy. The seed scarification increased the germination rate, however, it contributed to increase the seeds mortality rate. The soaking of non- scarified seeds for 30 days, with daily water renewal, improved the potential for seed germination. The mechanical scarification, without or after soaking the seeds in water, increased the Mauritia flexuosa seedlings mortality rate, and it is not, therefore, a suitable method for dormancy breaking.
Palavras-chave: Mauritia flexuosa L.
Produção de mudas
Emergência de plântulas
Dormência tegumentar
Mauritia flexuosa L.
Seedlings production
Seedlings emergence
Tegument dormancy
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e de Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: SELEGUINI, Alexsander; CAMILO, Yanuzi Mara Vargas; SOUZA, Eli Regina Barboza de; MARTINS, Maria Lúcia; BELO, Ana Paula Márquez; FERNANDES, Anderson Leite. Superação de dormência em sementes de buriti por meio da escarificação mecânica e embebição. Agro@mbiente On-line, Boa Vista, v. 6, n. 3, p. 235-241, set./dez. 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13906
Data de publicação: Dez-2012
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Alexsander Seleguini - 2012.pdf343,52 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons