Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13927
Tipo do documento: Artigo
Título: Distribution of periphytic algae in wetlands (Palm swamps, Cerrado), Brazil
Título(s) alternativo(s): Distribuição de algas perifíticas em áreas úmidas (Veredas, Cerrado), Brasil
Autor: Oliveira, Bárbara Dunck
Nogueira, Ina de Souza
Felisberto, Sirlene Aparecida
Resumo: A distribuição de comunidades de algas perifíticas depende de vários fatores, como tipo de substrato, nível de distúrbio, disponibilidade de nutrientes e luz. De acordo com a predição de que impactos de ação antrópica proporcionam alterações nas características ambientais – tornando Veredas impactadas relacionadas a alterações ambientais, como desmatamentos e maiores cargas de nutrientes via alóctone –, a hipótese testada foi: Veredas impactadas apresentam maiores riqueza, densidade, biomassa e biovolume de algas epifíticas. Avaliaram-se a distribuição e a estruturação de comunidades de algas epifíticas em 23 Veredas do Estado de Goiás sob diferentes impactos ambientais. Os atributos da estrutura de comunidade avaliados foram composição, riqueza, densidade, biomassa e biovolume. Este estudo revelou a importância das características ambientais na distribuição e na estruturação das comunidades de algas, relacionando os maiores valores de riqueza, biomassa e biovolume dos organismos aos ambientes impactados. Águas ácidas e altas concentrações de sílica foram fatores importantes no estudo. Ao todo, foram identificados 200 táxons, sendo as zignemafíceas o grupo mais representativo em riqueza e biovolume, enquanto as diatomáceas, as mais representativas em densidade do epifíton estudado. Veredas impactadas em área de agropecuária apresentaram duas espécies indicadoras, Gomphonema lagenula e Oedogonium sp., ambas relacionadas com condições mesotróficas a eutróficas, para concentrações de nitrogênio total desses ambientes.
Abstract: The distribution of periphytic algae communities depends on various factors such as type of substrate, level of disturbance, nutrient availability and light. According to the prediction that impacts of anthropogenic activity provide changes in environmental characteristics, making impacted Palm swamps related to environmental changes such as deforestation and higher loads of nutrients via allochthonous, the hypothesis tested was: impacted Palm swamps have higher richness, density, biomass and biovolume of epiphytic algae. We evaluated the distribution and structure of epiphytic algae communities in 23 Palm swamps of Goiás State under different environmental impacts. The community structure attributes here analyzed were composition, richness, density, biomass and biovolume. This study revealed the importance of the environment on the distribution and structuration of algal communities, relating the higher values of richness, biomass and biovolume with impacted environments. Acidic waters and high concentration of silica were important factors in this study. Altogether 200 taxa were identified, and the zygnemaphycea was the group most representative in richness and biovolume, whereas the diatoms, in density of studied epiphyton. Impacted Palm swamps in agricultural area presented two indicator species, Gomphonema lagenula Kützing and Oedogonium sp, both related to mesotrophic to eutrophic conditions for total nitrogen concentrations of these environments.
Palavras-chave: Águas ácidas
Ação antrópica
Ecologia
Epifíton
Acidic water
Anthropogenic activity
Ecology
Epiphyton
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: DUNCK, B.; NOGUEIRA, I. S.; FELISBERTO, S. A. Distribution of epiphytic algae in wetlands (Palm swamps, Cerrado), Brazil. Brazilian Journal of Biology, São Carlos, v. 73, n. 2, p. 331-346, May 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13927
Data de publicação: Mai-2013
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Bárbara Dunk Oliveira - 2013.pdf1,74 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons