Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13990
Tipo do documento: Artigo
Título: Banco de sementes de área perturbada no Parque Municipal do Mocambo, município de Patos de Minas, MG
Autor: Teixeira, Walquíria Fernanda
Fagan, Evandro Binotto
Casaroli, Derblai
Sousa, Carlos Henrique Eiterer de
Silva, Janaína Oliveira da
Soares, Luís Henrique
Andrade, Daniel Moreira de
Resumo: O banco de sementes representa um importante indicativo do potencial de regenera‐ ção de áreas perturbadas. Desta forma, este estudo teve como objetivos avaliar a viabilidade do banco de sementes em áreas perturbadas, verificando a influência da profundidade do solo e luminosidade no processo de emergência das sementes presentes no banco. O trabalho foi reali‐ zado em uma área perturbada no Parque Municipal do Mocambo, município de Patos de Mi‐ nas/MG. A área de estudo foi dividida em três subáreas de acordo com diferenças fisionômicas na vegetação e diferenças de relevo. Em cada subárea foram coletadas amostras de solo em três pontos distintos e em três profundidades (0 a 10 cm, 10 a 20 cm e 20 a 30 cm). Metade das amos‐ tras foi mantida sob irradiação de luz e o restante no escuro, durante um período de 150 dias. Foi realizado também o levantamento florístico das áreas. Para a análise estatística, foi realizada análise de resíduos dos dados, fazendo‐se comparações entre médias por meio do desvio pa‐ drão. A partir do levantamento florístico foi possível perceber que as três áreas apresentam vegetação semelhante. Com relação ao banco de sementes foi obtido um total de 192 emergên‐ cias. As amostras de solo superficial (0 a 10 cm) foram as que obtiveram a maior quantidade de emergências. A família Compositae apresentou o maior número de espécies. Conclui‐se neste estudo que o banco de sementes é dominado por espécies pioneiras herbáceas e que a área es‐ tudada apresenta sementes viáveis para compor o banco de sementes, mas em pequena quanti‐ dade.
Abstract: The seeds bank represents an important indicative of regeneration power in de‐ graded areas. This way the work aimed to analyze the natural regeneration power from a seeds bank. The work has been carried out in a degraded area at Mocambo Park, in Patos de Minas, Minas Gerais, Brazil. The study area was divided in three subareas according to the vegetation and terrain physiognomic differences. In each plot soil samples were collected in three different points and in three depths (0 a 10 cm, 10 a 20 cm e 20 a 30 cm). Half the amount was kept under the light irradiation and the amount left on the dark, during a period of 150 days. Floristic sur‐ vey of all the area was carried out. Statistical analysis was performed through residual analysis of data, making comparisons among means, by using the standard deviation. From the floristic survey it was possible to notice similar vegetation in the three areas. As for the seeds bank we obtained an overall of 192 emergencies. The surface sample soil (0 to 10 cm), obtained the big‐ gest emergence. The botanic family Compositae showed the biggest species number. We con‐ clude that seeds bank is dominated by pioneer herbaceous species, and that the study area pre‐ sents viable seeds so as to compound the seeds bank, but in low quantity.
Palavras-chave: Banco de sementes
Áreas perturbadas
Recuperação
Seeds bank
Degraded area
Retrieval
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: TEIXEIRA, Walquíria Fernanda; FAGAN, Evandro Binotto; CASAROLI, Derblai; SOUZA, Carlos Henrique Eiterer; SILVA, Janaína Oliveira da; SOARES, Luiz Henrique; ANDRADE, Daniel Moreira de. Banco de sementes de área perturbada no Parque Municipal do Mocambo, município de Patos de Minas, MG. Cerrado Agrociências, Patos de Minas, n. 2, p. 64-75, set. 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13990
Data de publicação: Set-2011
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Walquíria Fernanda Teixeira - 2011.pdf313,68 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons