Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14080
Tipo do documento: Artigo
Título: Emergência de plântulas de mangabeira provenientes de frutos coletados em diferentes localidades do estado de Goiás
Título(s) alternativo(s): Seedling emergence mangabeira from fruits collected at different locations in the state of Goiás
Autor: Vieira, Muza do Carmo
Naves, Ronaldo Veloso
Souza, Eli Regina Barboza de
Silva, Gilson Dourado da
Belo, Ana Paula Marquez
Camilo, Yanuzi Mara Vargas
Resumo: A mangabeira (Hancornia speciosa Gomes), espécie frutífera do Cerrado, de potencial econômico pela grande aceitação de seus frutos, encontra-se em fase de domesticação. Objetivou-se com este estudo avaliar a emergência e o índice de velocidade de emergência (IVE) de sementes de mangabeiras oriundas de dez áreas localizadas no Estado de Goiás, de onde foram selecionadas, aleatoriamente, plantas que estivessem em plena produção. Das 116 plantas selecionadas, foram coletados 12 frutos, que foram posteriormente despolpados para obtenção das sementes. Obteve- se amostras de 16 sementes por planta e destas, uma subamostra de duas sementes, que foram semeadas em tubetes para avaliação das seguintes características: emergência (%), e índice de velocidade de emergência (IVE) (%). Entre áreas, os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Dentro das áreas foi realizada a análise descritiva das características. Nas condições em que o estudo foi realizado observou-se que a emergência das sementes iniciou-se ao 12o dia após a semeadura (DAS), se estendendo até o 41o; a média de emergência para H. speciosa do Cerrado goiano foi de 55,4 % e o número médio de dias para a emergência foi de 22,64 (DAS).
Abstract: Mangabeira (Hancornia speciosa), fruit species of the Cerrado, the economic potential for wide acceptance of its fruits, is undergoing domestication. The objective of this study was to evaluate the emergence and emergence rate index (IVE) seed mangabeiras coming from ten areas in the State of Goiás, where were randomly selected plants that were in full production. Of the 116 selected plants were collected 12 fruits, which were later pulped to obtain seeds. Obtained samples of 16 seeds per plant, and these, a subsample of two seeds which were sown in plastic tubes for evaluation of the following: emergence (%) and emergence rate index (IVE) (%). Between areas, the data were subjected to analysis of variance and means were compared by Tukey test at 5% probability. Within areas was conducted a descriptive analysis of the characteristics. In conditions in which the study was conducted it was observed that the emergence of the seeds began to 12th day after sowing (DAS), extending to 41, the average emergency H. speciosa Goias Cerrado was 55.4% and the average number of days to emergence was 22.64 (DAS).
Palavras-chave: Hancornia speciosa
Velocidade de emergência
Sementes
Semeadura
Hancornia specios
Speed of emergence
Seeds
Seeding
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: VIEIRA, Muza do Carmo; NAVES, Ronaldo Veloso; SOUZA, Eli Regina Barboza de; SILVA, Gilson Dourado da; BELO, Ana Paula Marquez; CAMILO, Yanuzi Mara Vargas. Emergência de plântulas de mangabeira provenientes de frutos coletados em diferentes localidades do estado de Goiás. Comunicata Scientiae, Bom Jesus, v. 6, n. 1, p. 33-40, jan./mar. 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14080
Data de publicação: Mar-2015
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Muza do Carmo Vieira - 2015.pdf326,81 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons